DestaquePolítica

ORÇAMENTO DA UNIÃO: Jorginho Mello inclui R$ 20 milhões para obras de infraestrutura em SC

O senador Jorginho Mello (PL-SC) conseguiu a inclusão de emendas no relatório do Orçamento Geral da União para o ano de 2021, PLN 28/2020, no valor de R$ 20 milhões, que serão investidos em obras de infraestrutura do Governo Federal em Santa Catarina.

Clique aqui e receba notícias de Chapecó e Região, do Brasil e do mundo pelo WhatsApp!

Nesta segunda (22), o senador Márcio Bittar (MDB-AC), relator do OGU, aceitou os valores requeridos pelo parlamentar catarinense. Jorginho indicou R$ 5 milhões para o Aeroporto Santa Terezinha, em Joaçaba, e outros R$ 3 milhões para o Aeroporto Carlos Alberto da Costa Neve, em Caçador.

Já para rodovias federais, as indicações foram de R$ 4 milhões para finalização das obras da BR-285, que ligará Santa Catarina o Rio Grande do Sul, formando um corredor importante para exportações e para o setor do turismo entre os dois estados. E outros R$ 7 milhões para obras de adequação da BR-280, no trecho entre São Francisco do Sul e Jaraguá do Sul.

Além disso, outros recursos foram indicados, como no valor de R$ 1 milhão para abrir uma rubrica no orçamento para que o Governo Federal deposite recursos no Fundo Garantidor de Operações do Pronampe (Programa Nacional de Apoio à Microempresas e Empresas de Pequeno Porte), de autoria do senador Jorginho Mello e que terá uma linha permanente de crédito a partir deste ano.

As indicações de emendas abrem espaço para que o Governo Federal invista mais valores que poderão ser investidos nas obras indicadas pelo senador.

Na terça-feira, o projeto deve ser votado no plenário da Comissão Mista do Orçamento. Caso seja aprovado, na quarta-feira, o texto será levado ao plenário do Congresso Nacional.

 

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios