Polícia

Operação do Gaeco prende comandantes da PM no MS

A terceira fase da Operação Oiketicus, denominada ‘Avalanche’, foi deflagrada na sexta (15). A operação apura facilitação por parte de agentes de segurança pública no contrabando de cigarros contrabandeados do Paraguai e mira o comando da Polícia Militar de Dourados e outros municípios de Mato Grosso do Sul.

O comandante da PM local, tenente-coronel Carlos Silva, foi preso preventivamente e encaminhado à sede do Batalhão. O mesmo ocorreu com mais seis oficiais superiores de outras cidades.

Pela manhã, agentes do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado) foram à residência dele, no bairro Santa Fé, na presença de um promotor de Justiça para cumprir mandados de busca e apreensão, levando documentos do local.

A Operação Oiketicus foi deflagrada pela primeira vez no dia 16 de maio de 2018 e apura suspeita de pagamento de propinas a policiais que facilitavam o tráfego de veículos com cigarros contrabandeados pelas rodovias de Mato Grosso do Sul. (Fonte Diário Digital/Com Informações Dourados News).

 

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios