Geral

Núcleo de Sustentabilidade da ACIC troca experiências sobre os ODS

Compartilhar e inspirar boas práticas empresariais e institucionais alinhadas aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). Esse foi o objetivo do evento “ODS em foco: práticas empresariais”, promovido na última semana pelo Núcleo de Sustentabilidade da Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC) e pelo Comitê dos ODS de Chapecó.

A programação contou com apresentação de cases de sustentabilidade relacionados aos ODS de empresas e instituições de Chapecó e região. Explanaram sobre suas ações a Cerne Ambiental, Consócio Iberê, Estilo Verde, Flor de Lis Prosa e Café, Hospital Regional Terezinha Gaio Basso, Moeda Verde, Solu2 e Unoesc Chapecó. As empresas mostraram ações simples e que podem ser implementadas no dia a dia, tanto nas empresas quanto em casa. Entre elas, estão separação do lixo, plantio de árvores, programas de educação ambiental, preservação de água, comercialização de marcas alinhadas à sustentabilidade, fazer composteiras, destinação correta de resíduos, ações preventivas na saúde e utilização dos ODS para o planejamento estratégico das empresas.

Clique aqui e receba notícias de Chapecó e Região, do Brasil e do mundo pelo WhatsApp!

O evento contou também com palestra sobre “A relação dos ODS e as práticas empresariais”, com a coordenadora de projetos especiais na Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina (Facisc), Adelita Adiers. De acordo com Adelita, a implantação da Agenda 2030 e o alcance dos ODS são temas que precisam estar integrados. “Quanto mais próximos estiverem a agenda pública, a sociedade civil e o setor privado, mais facilmente conseguiremos cumprir nossos objetivos”.

A Agenda 2030 foi elaborada em 2015 pela Organização das Nações Unidas. Nela, estão os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. “É um plano de ação e os ODS são os meios para sua implementação. A agenda é global, mas traz características locais e muitas questões próximas. Dentro dos 17 ODS temos 169 metas que são medidas por 231 indicadores”, explicou Adelita.

O setor privado tem papel importante na implementação dos ODS. Pesquisa da Edelman, agência global líder em relações públicas, mostra que 77% das pessoas confiam mais no seu empregador do que no governo ou na mídia; 65% acreditam que os dirigentes de empresas são capazes de gerar mudanças positivas em várias áreas e 78% das pessoas esperam que os CEOs liderem melhorias sociais e que esses executivos deveriam promover mudanças ao invés de esperar que o governo as imponha. Adelita destacou que o papel do setor privado no alcance dos ODS é liderar pelo exemplo. “O setor empresarial é citado mais de 400 vezes na Agenda 2030. Cada um de nós precisa se ver como líder nesse processo de mudanças. Quanto mais pessoas se envolverem, os esforços serão somados e chegaremos mais próximos dos desafios da Agenda”.

O Brasil, realçou Adelita, tem um grande desafio para a implementação dos ODS. Entre as ações, foram definidas metas para a próxima década. Elas visam traduzir os ODS para os negócios, com foco em ampliar o impacto das empresas em desafios globais. Algumas delas são: equidade de gênero em todos os níveis de gerência; redução de emissões de gases do efeito estufa; incidência zero de suborno; preservação da água; e salário digno para 100% dos funcionários.

O diretor acadêmico da Unoesc Chapecó, professor Celso Paulo Costa, frisou que trabalhar esse tema é falar das grandes pautas mundiais voltadas à erradicação da pobreza, segurança alimentar, agricultura, saúde, educação, igualdade de gênero, redução das desigualdades, energia, água, saneamento, padrões sustentáveis de consumo e de produção, clima, cidades sustentáveis, crescimento econômico inclusivo. “Todos são fatores ligados a cada um de nós”, comentou.

Para o coordenador do Núcleo de Sustentabilidade da ACIC, Eduardo Nicoleti, o evento foi importante para conhecer ações realizadas em Chapecó e região e trocar experiências. “O encontro foi possível devido às parcerias do Núcleo, da ACIC, da Unoesc, da GenTV e do Comitê Local dos ODS e já atende uma das metas que é a 17, sobre parcerias. Em Chapecó, conseguimos consolidar essas parcerias e estamos atuando para levar essa cultura para a cidade. Todos podem fazer diferença, basta querer e ter posicionamento”.

A Agenda 2030 é um plano de ação para as pessoas, o planeta e a prosperidade, que busca fortalecer a paz universal. O plano indica 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e 169 metas para erradicar a pobreza e promover vida digna para todos, dentro dos limites do planeta. São objetivos e metas claras, para que todos os países adotem de acordo com suas próprias prioridades e atuem no espírito de uma parceria global que orienta as escolhas necessárias para melhorar a vida das pessoas, agora e no futuro.

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios