DestaqueEconomia

Núcleo de Sustentabilidade da Acic busca patrocínio para execução do projeto “Parceiro Anjo”

Despertar o empreendedorismo na juventude como estratégia para inclusão social, acesso ao mercado de trabalho e para fortalecer a cultura empreendedora local. Esse é o objetivo do projeto “Parceiro Anjo” – que utiliza a metodologia do Programa Crescendo e Empreendendo do Sebrae/SC. A intenção é executar o projeto em Chapecó beneficiando 25 jovens na faixa etária de 15 a 19 anos. Para isso, o Núcleo de Sustentabilidade da Associação Comercial e Industrial de Chapecó (Acic) fará a captação de empresas patrocinadoras.

Clique aqui e receba notícias de Chapecó e Região, do Brasil e do mundo pelo WhatsApp!

O projeto faz parte de uma prática deferida pela equipe da 14ª edição do Prêmio Innovare 2017, na categoria Justiça e Cidadania. De acordo com o coordenador da ação e educador social, Luis Alberto Schoingele, a metodologia prevê dez encontros, que totalizam 50 horas, nas quais os participantes desenvolverão competências comportamentais para fortalecer a capacidade de transformar o mundo em que vivem, ampliar as possibilidades de realizar seus sonhos, de se preparar para enfrentar riscos e mudanças, além de incrementar a rede de contatos.

A integrante do Núcleo de Sustentabilidade da ACIC e incentivadora do projeto em Chapecó, Eliana Cansian, explica que a ação foi apresentada no ano passado para os integrantes do núcleo temático. “Observamos que a proposta vai ao encontro da missão do nosso núcleo ao se enquadrar no tripé da sustentabilidade: social, ambiental e econômico. Para a capacitação dos jovens buscaremos patrocínios, a quantidade dependerá do valor repassado por cada empresa. Estimamos que com 20 parceiros anjos viabilizamos o projeto no município”, explica ao comentar que está em definição um planejamento que será apresentado e aprovado pela diretoria da entidade.

A previsão é de que o projeto inicie em Chapecó no segundo semestre deste ano. Como a metodologia mescla teoria e prática os encontros serão presenciais, por isso seguirão todos os cuidados para o enfrentamento da covid-19. “Temos boas expectativas, pois trabalharemos com empreendedorismo e a juventude como estratégia de inclusão social. Somos uma Associação Comercial e Industrial, então, ao formarmos futuros empreendedores, posteriormente eles poderão contribuir e fortalecer a entidade”, argumenta.

Para Eliana, a proposta contribuirá para reduzir os índices de evasão escolar, prevenir o consumo de álcool e outras drogas e facilitar o acesso ao mercado de trabalho, além de impactar as famílias dos jovens. “Nessa faixa etária é necessário despertá-los para o mercado de trabalho, para que eles acreditem em seus potenciais. No projeto trabalharão com conhecimento, construção em conjunto, cooperação, criatividade e inovação. São pequenos movimentos que fazem a diferença para a sociedade”, finaliza. Sebrae-SC/MB Comunicação

 

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios