DestaqueInternacional

NARCOTERRORISMO: Estados Unidos oferecem US$ 15 milhões pela captura de Maduro

O governo dos Estados Unidos anunciou nesta quinta (26) que está oferecendo US$ 15 milhões (R$ 76 milhões) como recompensa por informações que levem à captura do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, e que estipulou valores também para a prisão de outros integrantes do alto escalão chavista. Uma investigação federal aponta crimes de narcoterrorismo e lavagem de dinheiro contra o ditador venezuelano e outros 13 integrantes da cúpula chavista.

Por Diosdado Cabello, presidente da Assembleia Nacional Constituinte — o Parlamento oficial do país sul-americano — e braço direito do mandatário venezuelano, o valor é de US$ 10 milhões (R$ 50,7 milhões).

São processos que correm em Miami e Nova York e dão conta de uma conspiração liderada por Maduro com guerrilheiros colombianos das Farc para transferir grandes quantidades de cocaína para os EUA, usando a Venezuela como ponto de conexão.

Receba Notícias no seu WhatasApp?
Clique no link:  https://chat.whatsapp.com/LghOsEwYAqyI6U64hKIOjs

 

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios