DestaqueInternacional

Mundo passa de 600 mil mortes causadas pelo novo coronavírus

As mortes provocadas pelo novo coronavírus passaram de 600 mil no mundo neste domingo (19), de acordo com a universidade americana Johns Hopkins. A Organização Mundial da Saúde (OMS) afirmou que quase 260 mil novas infecções foram registradas no sábado (18), um recorde pelo segundo dia seguido.

O número – 259,848 casos em 24 horas – fez com que o planeta superasse a marca de 14 milhões de infectados, segundo a contagem da universidade. Essa foi a 1ª vez, de acordo com a OMS, que mais de um quarto de milhão de infecções são registradas em apenas um dia desde o início da pandemia.

A OMS já havia registrado um novo recorde diário na sexta-feira (17), ao incluir nos balanços mais de 237 mil novas ocorrências em um período de 24 horas.

Os Estados Unidos são o país mais afetado pela pandemia, com mais de 3,7 milhões de infecções e mais de 140 mil mortos. Em seguida vem o Brasil, com mais de 2 milhões de infectados e 78,8 mil óbitos.

Em número de infecções, depois dos EUA e do Brasil, estão: Índia (1,07 milhão), Rússia (770,3 mil), África do Sul (350,8 mil), Peru (349,5 mil), México (338,9 mil), Chile (328,9 mil), Reino Unido (295,6 mil) e Irã (271,6 mil).

Em número de mortes, também depois dos EUA e do Brasil, estão: Reino Unido (45,3 mil), México (38,8 mil), Itália (35 mil), França (30,1 mil), Espanha (28,4 mil), Índia (26,8 mil), Irã (13,9 mil) e Peru (12,9 mil).

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios