Polícia

Mulher morta na frente dos filhos encorajava vizinha a se separar do atirador

A mulher que foi morta na frente dos dois filhos, de 2 e 4 anos, pelo ex-marido da vizinha, em Salto (SP), encorajava a colega a se separar do atirador, segundo testemunhas informaram à TV TEM. Após atirar na ex-companheira e na vizinha dela, o suspeito de 45 anos cometeu suicídio.

De acordo com informações da Polícia Militar e testemunhas, Claudemir Pereira, de 45 anos, bateu e abordou o carro onde estava Ângela Muczinski, que era vizinha e amiga da ex-mulher dele.

Em seguida, Ângela saiu do veículo e foi baleada, no bairro da Estação. Devido aos ferimentos, ela não resistiu e morreu no local. Os dois filhos dela, de 2 e 4 anos, presenciaram o crime. Assustadas, as crianças foram para um restaurante do bairro.

Na sequência, o homem foi até um petshop no bairro Jardim Arco Íris e atirou contra a ex-mulher, Adriana Correia, que foi encaminhada em estado grave ao hospital. Um dos animais que estava no local também morreu.

Segundo testemunhas, o atirador e Adriana tinham se separado havia cerca de um mês e ele não teria aceitado o fim do relacionamento.

Conhecidos do casal afirmaram à TV TEM que no domingo (27) ele teria afirmado para a família que iria embora de Salto. No entanto, alugou um carro e cometeu os crimes com uma arma que tinha a numeração raspada. (Fonte G1).

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios