Polícia

Mulher era mantida em cárcere privado no Oeste catarinense

Após uma denúncia, a Polícia Militar prendeu preventivamente um homem, que não teve identidade revelada, após o mesmo manter sua companheira em cárcere privado. A ocorrência foi na tarde desta segunda (8), em Mondaí, Extremo Oeste catarinense.

Clique aqui e receba notícias de Chapecó e Região, do Brasil e do mundo pelo WhatsApp!

O homem é suspeito de sequestro, cárcere privado e ameaça. A PM (Polícia Militar) recebeu a denúncia, por meio da Central Regional de Emergência de São Miguel do Oeste, de que uma mulher teria sido vítima de violência doméstica.

Os policiais encontraram a mulher que estava bastante assustada e muito lesionada. Ela teria afirmado que ao chegar em sua casa, no último sábado (6), foi agredida com socos, chutes, por seu companheiro,  que tentou ainda estrangula-la, além de ter desferido facadas no rosto e em sua mão.

Conforme os policiais, a vítima informou que desde o sábado foi mantida em cárcere privado em casa. Na manhã desta segunda-feira, por volta das 7h, quando o homem saiu de casa, ela conseguiu fugir e chamar a polícia.

A PM realizou rondas pela cidade e localizou o suspeito dos crimes, que foi preso e encaminhado à delegacia. A vítima foi conduzida ao Hospital de Mondaí para atendimento médico e exames. Na sequência ela foi encaminhada para o Hospital Regional de São Miguel do Oeste devido a uma fratura no pé. Do ND+

 

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios