GeralInternacional

Mulher dada como morta por Covid-19 se levanta do caixão em velório

Uma mulher, identificada como Crescencia Bogado, foi declarada morta por problemas respiratórios no Hospital Regional de Ciudad del Este, no Paraguai, nesta quarta (10), porém, ela acordou quando estava dentro do caixão em sua casa, localizada em Hernandarias.

Clique aqui e receba notícias de Chapecó e Região, do Brasil e do mundo pelo WhatsApp

Familiares disseram que Bogado entrou na quarta-feira no Hospital Regional de Ciudad del Este, proveniente do Hospital Distrital local, por insuficiência respiratória aguda, sob suspeita de sofrer de Covid-19. Lá, às 14h de ontem, foi dada como morta pelos médicos de plantão.

De acordo com os dados, a mulher deu sinais de vida pouco antes do meio-dia desta quinta-feira (11), quando se mexeu no caixão no meio do velório, por isso seus familiares avisaram à imprensa. Um médico identificado como Ronald Escobar chegou à casa, que ao inspecionar o pulso e os batimentos cardíacos confirmou que a paciente realmente ainda estava viva.

Seus parentes a transferiram novamente em veículo particular para o hospital distrital, pois o profissional afirmou que ela necessitava de oxigênio.

O fato foi descoberto quando os familiares aguardavam o carro fúnebre que deveria vir de Ciudad del Este a Hernandárias para levar o corpo ao cemitério municipal. No hospital, pouco tempo após a mulher retornar, ela não resistiu e faleceu de verdade. Portal da Cidade

 

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios