Destaque

Morre cão Max, do Canil da PM de Chapecó

O canil da Polícia Militar de Chapecó informa com pesar o falecimento do cão Max, ocorrido as 2h deste domingo (6).

Devido a uma torção gástrica que ocorreu na sexta (4), que de imediato foi levado ao veterinário e feito cirurgia de emergência. Neste sábado (5), teve complicações devido a uma hemorragia interna, e que após 3 paradas cardíacas veio a falecer.

Nascido no dia 15 de novembro de 2013 e doado ao canil em 8 de abril de 2014, atuava diariamente no combate ao tráfico de drogas e localização de armas, se destacando entre os canis do estado, e ajudando ao 2°BPM em excelentes resultados obtidos nos últimos anos, com centenas de ocorrência bem sucedidas.

Mais um guerreiro que a Polícia Militar perde, mas com a certeza do dever cumprido.
Cão Max deixara imensa saudade a toda a equipe do Canil do 2ºBPM, e com certeza a todos que tiveram contato com o mesmo, um cão sempre disposto, companheiro e fiel, cumprindo sempre toda e qualquer missão.
Por nos jamais será esquecido, descanse em paz Cão Policial Max. (Informações Polícia Militar).

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios