Polícia

Modelo encontrado morto ostentava luxo e cultuava o corpo

O modelo e ator Michel Santos, de 27 anos, encontrado morto nesta sexta (9) dentro do apartamento em área nobre de São Paulo, ostentava luxo e era bastante vaidoso.

Nas redes sociais, ele era seguido por mais de 270 mil pessoas e, nas fotos, gostava de mostrar o corpo malhado e forte. Também posava ao lado de motos e carros de luxo, além de mostrar registros de viagens.

Clique aqui e receba notícias de Chapecó e Região, do Brasil e do mundo pelo WhatsApp!

Ele morava em um apartamento de alto padrão nos Jardins. De acordo com o amigo Luiz Fernando Souza, que foi quem percebeu o sumiço do modelo, a vítima fazia uso de anabolizantes: “A gente acredita que, de um tempo pra cá, ele tava fazendo uso de algumas substâncias no corpo. Ele se cuidava bastante, tem a questão da vaidade. Talvez essa vaidade tenha custado muito para ele”.

Apenas o laudo do IML (Instituto Médico Legal) vai confirmar a causa da morte.

O caso

A Polícia Militar foi acionada pela equipe de gerência para atendimento de uma ocorrência de encontro de cadáver. No endereço funciona uma unidade da rede de hotéis Quality Suites Long Stay.

Luiz foi quem alugou o apartamento ao modelo e quem notou a ausência do rapaz. O amigo foi até o prédio e alertou os funcionários sobre o sumiço do jovem, que não recebia mensagens no celular desde a última quarta (7).

Todos foram até o apartamento na tentativa de encontrar Michel e conseguiram abrir a porta, momento em que viram o corpo dele caído no chão.

O local estava muito bagunçado e os PMs encontraram o corpo da vítima já em  estado adiantado de putrefação, inchado e com cheiro forte.

De acordo com o amigo, a porta não tinha sinais de arrombamento, inclusive a fechadura estava com a corrente trancada por dentro. Ao lado do corpo, foram encontradas seringas de anabolizante e, segundo o amigo, ele costumava fazer uso de medicamentos conhecidos como “bombas”.

Não foi localizada nenhuma testemunha que pudesse esclarecer as circunstâncias da morte. A área foi preservada para a realização de perícia. Foram requisitados exames necroscópico, datiloscópico e toxicológico.

O caso foi registrado no 4º Distrito Policial (Consolação) como morte suspeita e está em investigação. A família de Michel é de Minas Gerais e o corpo do jovem deve ser enterrado em Uberaba. (Fonte R7).

 

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios