MICHELLE PERUZZO: O tempo vai passando…

Enquanto o tempo vai passando, a gente vai vivendo… ou seria sobrevivendo? Em meio aos dias caóticos e corridos, passamos como um raio , deixando aquilo que realmente queremos para depois… há tantos compromissos, tantos afazeres, tantas coisas a resolver, que a gente vai se colocando no último lugar da nossa grandiosa lista… e assim, nessa displicência com a gente mesmo, os dias vão seguindo seu curso… e viram semanas, que viram meses e anos… e aquilo que a gente sempre pensava em fazer, ou dizer, vai ficando esquecido… e vamos nos movendo como se fôssemos todos robôs, muitas vezes seguindo um mesmo padrão… corroídos pela rotina dos dias, do trabalho, dos filhos, dos outros… até que chega o momento fatídico: acordamos! E isso, muitas vezes, pode ser doloroso demais… pois não estamos preparados para o que vamos ver … e é nessa luta entre abandonar papéis que já não nos servem mais e assumir quem de fato somos, que vamos coroando nossos dias, modificando nossa rotina, quebrando nossos paradigmas, derrubando nossas muralhas, nos abrindo para tudo o que a vida é capaz de dar para aqueles que se abrem e que não tem medo de recomeçar… para aqueles que tem a sensibilidade e a coragem de se assumirem tal qual como são: seres imperfeitos, inconstantes, dotados de sentimentos, prontos a se lançar à vida sem esperar retribuição …cientes de que estão nesse plano para aprender , ensinar, conquistar, se doar, usufruir, realizar, sonhar e amar… que consigamos acordar a tempo para ser tudo aquilo que a gente sempre quis ser… que sejamos eternos buscadores, e que saibamos aproveitar e saborear todo o percurso … essa, a meu ver, é a verdadeira felicidade… (🦋Mi Peruzzo🦋)