Geral

Médico que morreu afogado em praia catarinense se preparava para residência fora do país

O homem de 31 anos que morreu ao se afogar na Praia dos Ingleses, em Florianópolis, na tarde do último domingo (30) foi identificado como Rafael Medina. O jovem, natural do interior do Paraná era médico formado pela Universidade Estadual de Maringá (UEM).

Quer ficar BEM INFORMADO?⏬
👉 Clique abaixo e receba NOTÍCIAS EM SEU WHATSAPP
👉🏿Acesse nosso grupo de NEGÓCIOS/CLASSIFICADOS💰

Rafael era filho de costureira e cresceu na zona rural. Segundo os amigos, ele se esforçou muito para conquistar o diploma e continuar sua trajetória na medicina. “Um aluno exemplar… o Hospital Universitário Regional de Maringá amanheceu triste, os corredores maiores que o normal, e todos que tiveram o prazer de te conhecer já sentem sua ausência”, escreveu uma professora.

Nas redes sociais do paranaense, uma amiga lamentou a morte e relembrou os planos dele e o quanto o médico estava animado para começar uma residência em uma clínica na Universidade do Colorado, nos Estados Unidos.

Na última quinta (27), Rafael chegou a compartilhar imagens agradecendo a equipe da Unidade Médica de São Manoel do Paraná, onde trabalhava e decidiu se ausentar devido aos novos planos. No post, ele informou que o roteiro antes da viagem para os EUA seria uma despedida com os amigos em Florianópolis, a realização de um curso em Porto Alegre e que finalizaria no Rio de Janeiro, onde tiraria o visto. Por SCC10

 

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios