GeralTecnologia

Mais de 50 projetos são apresentados no Mundo SENAI em Chapecó

Um boné com aviso sonoro para cegos, um bafômetro que libera a ignição dos veículos, um robô que detecta objetos, uma sala para refletir sobre o impacto da tecnologia e outra apresentando a indústria 4.0. Esses são alguns dos mais de 50 projetos expostos no Mundo SENAI em Chapecó, que iniciou nesta quinta (21) e segue até esta sexta (22). Durante os dois dias são apresentados à comunidade trabalhos desenvolvidos por alunos e docentes, além das diversas formações oferecidas pela entidade.

O Mundo SENAI é realizado simultaneamente em todo o País. Em Chapecó, o evento foi aberto pelo gerente executivo regional Oeste do SESI/SENAI, Almeri Dedonatto, seguido da palestra “Mindset de liderança: transformando equipes através da inovação e da motivação”, com a psicóloga e professora do SENAI, Denise Wentz Forte. Participaram alunos, professores e industriais. Este ano, o Mundo SENAI conta com o apoio do SESI que participa das atividades com oficinas de orientação nutricional, aferição de pressão e glicemia, atividades maker, workshops sobre saúde e segurança, entre outras ações.

ABERTURA ocorreu nesta quinta – Foto MB Comunicação

Na sala da indústria 4.0, os alunos do curso de Aprendizagem Industrial em Assistente Administrativo apresentam um histórico sobre as três revoluções industriais por meio de um vídeo exibido em óculos 3D. Após, exemplificam as tecnologias que surgiram depois da terceira revolução industrial. “Mostramos as tecnologias da indústria 4.0 no computador, por meio de um site que aprendemos a fazer nas aulas”, explicou o aluno Alex Junior Vieira. “A ideia surgiu durante as aulas e o objetivo foi envolver todas as turmas do curso”, acrescentou o estudante Felippe Butland. No computador, eles mostram tecnologias como inteligência artificial, impressão 3D, drones, blockchain, realidade aumentada e sua aplicação na indústria.

As tecnologias habilitadoras da indústria 4.0 também estão presentes em outra sala, com exposição de empresas. A J da Luz, de Chapecó, apresenta soluções em sensoriamento, armazenamento de dados em nuvem e big data. A Altus, de Caxias de Sul, trouxe um sistema de monitoramento online com o qual é possível supervisionar uma planta industrial em tempo real por meio de celular, tablet ou computador. A 3D Cloner, de Chapecó, exibe tecnologia de programação e fabricação em 3D, com impressão em diversos tipos de materiais para os diferentes setores industriais. “A intenção é fazer networking entre as empresas e os alunos dos cursos superiores do SENAI e para que eles também possam ter referências na busca de soluções para a indústria”, comentou o coordenador do curso superior de Engenharia Mecânica e docente do curso Tecnólogo em Manutenção Industrial e da pós-graduação em Engenharia de Manutenção Industrial, Matheus Borges da Silva.

APLICAÇÃO NO DIA A DIA

Os alunos do curso de Aprendizagem Industrial em Informática desenvolveram três projetos. Um deles é um boné com sensor que emite sinais ultrassônicos. “É um produto para pessoas cegas. Ele detecta a distância e apita ao chegar perto de obstáculos”, explicou a aluna Caroline de Quadros Piazza. O mesmo sensor foi usado no robô Opportunity, que detecta objetos e desvia. Ele foi desenvolvido para ser utilizado em carros elétricos. Já o bafômetro possui um sensor de gás que identifica vapores derivados do álcool. A aplicação é para liberar a ignição dos veículos.

O ensino médio expõe projetos divididos em quatro áreas: matemática, ciências da natureza, ciências humanas e linguagens. A matemática está presente na Sala SESI de Matemática com ações que estimulam o raciocínio lógico por meio de jogos. Nas disciplinas de ciências humanas, os estudantes desenvolveram um trabalho para incentivar as pessoas a refletirem sobre o impacto da tecnologia no dia a dia. “Os visitantes entram em uma caixa de papelão onde veem filmes clássicos de tecnologia, instigando a reflexão”, relatou o professor de Filosofia e Sociologia, Gabriel Slevinski.

INTERAÇÃO COM A INDÚSTRIA

A diretora da JA Tecnologia em Equipamentos Industriais, Ivanete Matte, acompanhou o evento e ressaltou a importância da interação dos alunos e professores com a indústria. “Há bastante dificuldade de mão de obra e o SENAI forma muitos estudantes. Temos menores aprendizes, sendo que um deles começou na empresa, se formou e hoje é nosso engenheiro técnico responsável”. Para os jovens, ela orientou a estudar muito. “É preciso levar a educação a sério, ter responsabilidade, pois o futuro da indústria está nesses alunos”, concluiu.

O gerente executivo regional Oeste do SESI/SENAI, Almeri Dedonatto, destacou o modelo de ensino das entidades. “O Mundo SENAI é a tradução da metodologia de educação profissional que tem sua base no desenvolvimento das competências que são conhecimento, desenvolvimento da habilidade e atitude”. O modelo de ensino também aproxima os estudantes das tecnologias, desenvolvendo as competências necessárias ao século 21, envolvendo as dimensões cognitiva (desenvolvimento de competências intelectuais), afetiva (emocional, sentimentos, valores, apreciação, entusiasmo, motivação, atitudes, juízos, opiniões) e psicomotora (movimento físico, sentidos, coordenação, áreas motoras e sensoriais). (Informações MB Comunicação).

 

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios