DestaqueInternacionalSaúde

Mais 27 países começam a vacinar contra covid-19 neste domingo

A União Europeia, composta por 27 países, começa a vacinação contra a covid-19 neste domingo (27) em meio a uma nova onda de contraminação pelo continente. O bloco europeu encomendou 200 milhões de doses do imunizante desenvolvido pela norte-americana Pfizer e pela farmacêutica alemã BioNTech.

A Comissão Europeia concedeu aprovação para o uso dessa vacina somente na última segunda (21) e agora França, Itália, Alemanha e o demais países membros do bloco estão prontos para se juntar às nações que começaram a imunização ainda em 2020.

Clique aqui e receba notícias de Chapecó e Região, do Brasil e do mundo pelo WhatsApp!

Outros países do continente europeu já fazem campanhas de imunização. O Reino Unido foi a primeira nação a aplicar uma vacina em sua população em 8 de dezembro. A Suíça vacinou uma senhora de 90 anos contra a doença causada pelo novo coronavírus no dia 23 de dezembro e a Sérviateve sua primeira aplicação na véspera do Natal.

Na última semana, um total de 16 países começaram as aplicações, inclusive três da América Latina: México, Chile e Costa Rica.

A Argentina é o próximo país a iniciar a vacinação na América do Sul. O país recebeu o primeiro lote da vacina Sputnik V, fabricada pela Rússia, e pretende começar as aplicações na segunda (28).

As campanhas de vacinação tiveram início ao mesmo tempo em que uma nova cepa do coronavírus causador da covid-19 foi identificada no Reino Unido, altamente contagiosa. A notícia fez diversos países passarem a barrar voos e aumentar a fiscalização de turistas por medo aumentar o número de casos.

Apesar de ser uma mutação do vírus, ainda não há indícios de que as vacinas que estão sendo aplicadas em pessoas pelo mundo perderam a eficácia. Portanto, deverão funcionar também contra essa nova mutação.

O executivo-chefe da BioNTech, Ugur Sahin, disse que a empresa está analisando se a vacina é eficiente contra a variante e espera resultados nas próximas duas semanas. (Fonte R7). 

 

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios