Polícia

Locutor de rádio agride operador de áudio a facão

Na tarde de sábado (24), na Rua Zeca Neto, sede da única emissora AM de Camaquã, dois recentes funcionários da emissora envolveram-se em um discussão que evoluiu para agressão com ferimentos provocados por um facão.

Clique aqui e receba notícias de Chapecó e Região, do Brasil e do mundo pelo WhatsApp

O operador de áudio sofreu cerca de 8 golpes de falca, incluindo ferimentos na cabeça. O mesmo necessitou de atendimento hospitalar no Pronto Socorro do Hospital Nossa Senhora Aparecida. A direção da emissora ainda não se pronunciou sobre o ocorrido.

Esse fato inusitado envolvendo colegas de rádio ganhou grande repercussão na internet. Os funcionários da rádio envolvidos no escândalo recentemente passaram a desempenhar funções na emissora. Os mesmos não fazem parte do grupo de profissionais tradicionais da rádio fundada em 1954 por onde passaram os maiores profissionais de Camaquã.

Imediatamente passou a circular nas redes um vídeo com marcas de sangue espalhadas pelo chão na recepção, estúdio e sala da mesa de áudio da emissora. Do Portal Tchê/Com Rádio Cidade Camaquã

 

 

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios