DestaqueSaúde

Líderes da Unimed Chapecó participam de capacitação sobre gestão e desenvolvimento com renomados nomes da área

Na busca de promover capacitação constante aos seus líderes, profissionais médicos e colaboradores, a Unimed Chapecó inova ao proporcionar treinamentos personalizados com programas exclusivos desenvolvidos com base no dia a dia e na rotina de trabalho das suas equipes. Um exemplo recente foi a “Imersão e Mentoria Gestão do Amanhã: Vida ou Morte na Era Exponencial”. A capacitação foi voltada aos líderes da cooperativa médica e tem por objetivo contribuir para que as lideranças consigam expandir seus negócios de forma sustentável e duradoura, além de perceberem a dinâmica do atual ambiente empresarial caracterizado por velozes transformações e rupturas.

Em dois dias intensos de programação on-line os palestrantes José Salibi Neto e Sandro Magaldi apresentaram conceitos e teses sobre cultura organizacional, liderança e modelo de negócios. Referências em gestão, Salibi é co-fundador da HSM, maior plataforma de educação corporativa do Brasil, que promove a HSM Expo, maior evento de gestão empresarial da América Latina. Magaldi é co-fundador da Plataforma meusucesso.com, uma escola de insights voltada a empreendedores.

Clique aqui e receba notícias de Chapecó e Região, do Brasil e do mundo pelo WhatsApp!

Os tópicos abordados e o nome da capacitação foram baseados no livro homônimo de autoria dos ambos palestrantes “Gestão do Amanhã: Tudo o que você precisa saber sobre gestão, inovação e liderança para vencer na 4ª Revolução Industrial”, da editora Gente. A partir dos temas abordados na obra, Salibi e Magaldi expuseram de que forma a gestão ultrapassada de muitas empresas não acompanhou e não acompanha o crescimento tecnológico, especialmente, a partir dos anos 2000.

“A maioria das organizações foi construída a partir de modelos desenvolvidos décadas ou centenas de anos atrás. As empresas se perdem por uma gestão antiquada que não consegue potencializar a tecnologia”, afirmou Magaldi ao defender que, cada vez mais, a tecnologia é o novo imperativo estratégico das empresas. Ou seja, se não se acompanha o desenvolvimento das tecnologias, as empresas estão fadadas ao fracasso.

A cultura organizacional também é um importante ponto a ser considerado pelas empresas que desejam crescer de acordo com Salibi. E mudar uma cultura, segundo ele, é “duro”, pois depende de uma liderança preparada. “Você só consegue mudar a estratégia se mudar a cultura organizacional do negócio”. A partir disso, propôs a reflexão: “qual é o tipo de cultura mais alinhado com as demandas atuais?” E destacou que não se deve copiar culturas de outras empresas, é necessário desenvolver a própria cultura, que está diretamente relacionada com a forma como as pessoas respondem às mudanças.

Adaptação a nova era

A Digitalização X Transformação Digital também teve destaque como uma relação representativa para a permanência das empresas no mercado. Os palestrantes defenderam que o mundo “está” digital o tempo inteiro e a forma como as organizações encaram essa realidade é crucial. “A resistência a adoção tecnológica tem sido uma muleta para esconder ineficiências e falta de coragem para lidar com os desafios desse novo mundo”, defenderam. A avaliação dos participantes do treinamento foi unânime. Crescimento e aprendizado foi o que tiraram de maior proveito segundo os depoimentos:

“Valeu muito a pena, não podemos deixar essa vontade de mudar/inovar morrer na praia. Parabéns aos organizadores e obrigada pela oportunidade”, enfermeira Natiele Klein. “Já quero ler todos os livros! Não só pelo conhecimento que adquirimos, mas por gerar a inquietação em querer fazer melhor a cada dia”, enfermeira Suelem Klein. “Excelente oportunidade de aprendizado e troca de experiências”, Dr. Juliano Brustolin. “Abriu as nossas mentes para inovação e sair da zona de conforto. Os palestrantes demonstraram grande conhecimento do assunto, sendo provocadores na constante evolução do atendimento aos nossos clientes. Essa imersão serviu para quebrar muitos conceitos pré-existentes e nos manter em constante melhoria”, Dr. Cassiano Branco Dal Piva. (Andressa Oliveira Recchia/Unimed Chapecó).

 

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios