Destaque

Justiça catarinense mantém absolvição de empresário acusado de estuprar Mariana Ferrer

Por três votos a zero, o TJSC ( Tribunal de Justiça de Santa Catarina) decidiu manter a absolvição de André de Camargo Aranha, 45 anos, acusado de estupro de vulnerável pela promotora de eventos Mariana Ferrer, de 25 anos.

Clique aqui e receba notícias de Chapecó e Região, do Brasil e do mundo pelo WhatsApp

A audiência foi realizada na manhã desta quinta (7), em Florianópolis. Votaram os desembargadores Ana Lia Carneiro, Ariovaldo da Silva e Paulo Sartorato.

O empresário já havia sido absolvido pela Justiça catarinense em primeira instância, em setembro de 2020. O Tribunal concluiu que não houve dolo na ação do empresário, pois não tinha como ele saber da vulnerabilidade da vítima. A defesa de Mariana Ferrer recorreu da decisão.

O advogado de Aranha, Claudio Gastão da Rosa Filho, declarou que se o seu cliente “tivesse ido para cadeia, hoje ele estaria morto em razão de uma falsa acusação de estupro”. Segundo ele, “não há maior recompensa” do que a absolvição.

“O resultado era esperado. Os desembargadores se debruçaram sobre os autos, analisaram todos os depoimentos, provas periciais e filmagens e chegaram à conclusão idêntica ao juiz de primeiro grau. Não há elemento algum que leve a um raciocínio diverso”, afirmou o defensor. Do ND+ Florianópolis

 

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios