DestaquePolítica

Jorginho Mello garante R$ 3,3 milhões para manutenção de 39 leitos de UTI Covid-19 para hospitais do Oeste

O senador Jorginho Mello (PL-SC) garantiu recursos que somam R$ 3,3 milhões para manutenção de 39 leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva), para tratar de pacientes de Covid-19 nos hospitais de Chapecó e Joaçaba. A notícia chega após as cidades da região Oeste registrarem aumentos significativos de casos da doença.

Em Chapecó, a unidade que será beneficiada é o Hospital Regional do Oeste que receberá R$2,4 milhões para manutenção de 35 leitos adultos Covid-19. A cidade registrou aumento de 225% na ocupação dos leitos de UTI por pacientes com a doença no fim do mês passado, segundo dados Vigilância Epidemiológica do município.

Já em Joaçaba o Hospital Universitário Santa Terezinha, HUST, receberá R$ 960 mil para garantir a continuidade do funcionamento de quatro leitos adultos de UTI Covid-19. O dinheiro será encaminhado para as unidades através Ministério da Saúde publicado pelas portarias 3.124/2020 e 3.142/2020.

Jorginho Mello, que intercedeu junto a pasta, após uma parceria entre a direção dos hospitais e o parlamentar, afirmou a importância de garantir o atendimento aos pacientes durante a pandemia.

“São recursos que chegam em boa hora e é preciso garantir atendimento para quem procura essas unidades. São hospitais de referência e precisam da nossa ajuda. Além disso, é fundamental que os leitos estejam aptos a receber os pacientes já que os casos têm aumentado e evitar que o sistema entre em colapso”, afirmou o senador.

 

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios