DestaqueEsportes

João Rodrigues oferece Chapecó para sediar os Jasc

Em encontro com o presidente da Fesporte, Rui Godinho, o prefeito eleito de Chapecó, João Rodrigues (PSD), ofereceu a estrutura do município para sediar os Jogos Abertos de Santa Catarina (JASC), durante o seu mandato. O encontro foi na manhã desta quarta-feira, na sede do PSD de Chapecó.

“Nós temos disponibilidade para sediar os Jasc. Queremos retomar os eventos e melhorar a estrutura esportiva do município. Quando fui prefeito criamos os Jogos da Terceira Idade e os Parajasc, que serviram de modelo para a Fesporte”, disse João Rodrigues.

Clique aqui e receba notícias de Chapecó e Região, do Brasil e do mundo pelo WhatsApp!

O presidente da Fesporte lembrou que, quando foi atleta do Judô, disputou dois JASC em Chapecó, em 2009 e 2005, ambos nos mandatos de João Rodrigues.

“Foi a única cidade que disputei duas competições. Queremos realizar grandes eventos em Chapecó e também melhorar a estrutura. Vamos implantar seis pistas sintéticas e seis piscinas, uma em cada região do estado,
pois identificamos essa necessidade”, disse Godinho.

A pista sintética, em tamanho oficial, de 400 metros, deve ser construída no Complexo Esportivo do Verdão. O custo é de R$ 2 milhões. A prefeitura teria que dar a contrapartida da base de concreto da pista.

Outro investimento seria uma piscina de 25m x 20m, que serviria para eventos esportivos, alunos de escolas públicas e escolinhas. Chapecó tem cerca de 400 crianças nas escolinhas de natação do município e outras 300 na fila.

Outra possibilidade é um centro de lutas, para judô, taekwondo, karatê e outras.

João Rodrigues também solicitou campos de grama sintética para atendes escolas e comunidade.

“Vamos mapear os possíveis investimentos e nos reunir em janeiro novamente para já dar a largada nestes projetos”, finalizou o prefeito eleito. (Darci Debona/Assessoria de Imprensa).

 

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios