DestaqueEducação

João Rodrigues anuncia reforço na segurança das escolas

Impactado pela tragédia que vitimou três crianças e duas mulheres uma creche em Saudades o prefeito de Chapecó, João Rodrigues, anunciou que vai acelerar as medidas de incremento de segurança nas escolas.

Clique aqui e receba notícias de Chapecó e Região, do Brasil e do mundo pelo WhatsApp!

Primeiro ele manifestou solidariedade e condolências para as famílias das vítimas. Depois anunciou a Patrulha Escolar, que consiste num veículo com quatro servidores da diretoria de Segurança Pública, que vai percorrer as escolas municipais. Além disso os portões das escolas serão trancados após a entrada dos alunos e somente poderão entrar pessoas identificadas e autorizadas pela gestora da unidade.

Além disso, em transmissão pelas redes sociais, o prefeito compartilhou sobre as audiências que está realizando em Brasília.

Na segunda esteve com o ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Onyx Lorenzoni, com o secretário-executivo do Ministério da Infraestrutura, Marcelo Sampaio Cunha Filho, e com o secretário-executivo do Ministério da Agricultura, Marcos Montes Cordeiro. O principal pleito foi a busca de recursos para o Elevado da Bandeira, que tem como objetivo desafogar o trânsito na rótula que fica entre o acesso da BR-480, com Avenida Fernando Machado, avenida Leopoldo Sander e rua Humaitá. A obra está estimada em R$ 34 milhões.

Nesta terça-feira ele esteve no Congresso Nacional e também em audiência com o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, tratando do projeto de macrodrenagem de Chapecó.

Nesta quarta-feira vai até o Ministério do Turismo, em busca de recursos para incrementar as atrações de Chapecó, como o Goio-Ên e a Trilha do Pitoco.

 

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios