DestaqueInternacional

Incêndio em ‘hotel-hospital’ para pacientes de covid-19 deixa 10 mortos

Pelo menos dez pacientes com  coronavírus morreram neste domingo (9) no sul da Índia, em um incêndio dentro de um hotel convertido em hospital onde eles estavam recebendo tratamento, quatro dias depois de um incidente semelhante no país, no qual oito pessoas morreram.

Imtiaz Ahmed, chefe do distrito de Krishna, no estado de Andhra Pradesh, disse que o incêndio começou na madrugada de domingo e matou dez pacientes, em declarações coletadas pelo jornal local Indian Express.

Clique aqui e receba notícias de Chapecó e Região, do Brasil e do mundo pelo WhatsApp!

A Ministra do Interior do estado indiano, Mekathoti Sucharitha, indicou por sua vez que a causa do incêndio foi provavelmente um curto-circuito.

“O hotel foi alugado pelo Ramesh Hospitals, um hospital privado onde pacientes com coronavírus estavam recebendo tratamento. Cerca de 40 pacientes e 10 paramédicos estavam no hotel no momento do acidente”, disse Sucharitha em um comunicado.

O incidente causou agitação no país asiático. O primeiro-ministro Narendra Modi recorreu às redes sociais para expressar sua “angústia” e mostrar seu apoio às famílias das vítimas, enquanto o chefe de governo de Andhra Pradesh, Jagan Mohan Reddy, anunciou uma compensação financeira.

Segundo incêndio em hospital na Índia

Este é o segundo incêndio em um pequeno hospital para pacientes com coronavírus na Índia em menos de uma semana.

Na última quinta-feira, oito pacientes internados com sintomas de covid-19 morreram em Ahmedabad, capital do estado indiano de Gujarat, enquanto outros 40 foram resgatados das chamas.

A Índia, o terceiro país do mundo mais afetado pela pandemia, ultrapassou dois milhões de casos de coronavírus nesta semana e tem 2.153.010 infecções e 43.379 mortes até o momento.

Incêndios, colapsos e outros acidentes industriais são frequentes na Índia, muitas vezes devido à infraestrutura deficiente e má manutenção, fatores alimentados pela corrupção e práticas ilegais no setor da construção. (Fonte R7).

 

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios