IMPOSTOS ATRASADOS: Jogador Piqué é multado em 2,1 milhões de euros

FOTO Getty Images

Mais um jogador de futebol na Espanha recebeu uma multa milionária pela Agência Tributária da Espanha, nesta quarta (10), por se envolver com problemas fiscais no país. O zagueiro Gerard Piqué, do Barcelona, terá de pagar 2,1 milhões de euros (cerca de R$ 9 milhões) após ter perdido o último recurso contra o tribunal.

A Agência Tributária da Espanha recusou o recurso interposto pela defesa do jogador do Barcelona contra uma decisão do Tribunal Administrativo Econômico Central, que o condenou em 2016 em multas e impostos atrasados em 2008, 2009 e 2010. Piqué é acusado de fraude fiscal na tributação de seus direitos de imagem e agora é obrigado a pagar 1,5 milhão de euros (cerca de R$ 6 milhões) de impostos atrasados e uma multa de 600 mil euros (aproximadamente R$ 3 milhões).

Na época, o tribunal concluiu que Piqué havia “simulado” a cessão dos direitos de imagem a sua empresa, a Kerad Project, com o objetivo de pagar menos impostos nos anos 2008, 2009 e 2010. “A omissão da declaração na Espanha de tais rendimentos foi, no mínimo, culposa ou negligente”, destacou a Audiência Nacional.

Apesar da condenação por fraude fiscal, Piqué ainda pode recorrer e tentar uma apelação ao Tribunal Supremo da Espanha.

O zagueiro do Barcelona é mais um jogador de destaque na Espanha que teve problemas com o fisco espanhol. Os de maior renome são o português Cristiano Ronaldo, hoje na Juventus (Itália), o brasileiro Neymar, atualmente no Paris Saint-Germain (França), e o argentino Lionel Messi, companheiro de Piqué no clube catalão. (Fonte Notícias ao Minuto).