HRO e HC de Chapecó prestaram mais de 185 mil atendimentos em 2018

2695
Hospital Regional de Chapecó

De acordo com dados do centro de estatísticas da Associação Hospitalar Lenoir Vargas Ferreira, que administra o Hospital Regional do Oeste, Hospital da Criança ambos em Chapecó, e Hospital Nossa Senhora da Saúde (Coronel Freitas), entre zero hora de 1o de janeiro e 10h00min de 31 de dezembro, foram 124.052 atendimentos prestados entre pronto socorros do HRO e HC. Somando-se aos atendimentos ambulatoriais, o total é de 185.969 atendimentos a pacientes em 2018.

Os dados apontam que no pronto socorro do Hospital Regional do Oeste foram 63.453 atendimentos, ao passo que no HC foram 60.599 atendimentos no pronto socorro daquela unidade hospitalar. No mesmo período apurado, foram efetuadas entre HRO e HC, 24.851 internações. Deste total, 20.968 no Regional e 3.883 no Hospital da Criança.

Por outro lado, além dos atendimentos nos pronto socorros e internamentos, levantamento de registros nos ambulatórios de oncologia adultos, neurologia, oncologia pediátrica, ortopedia/traumatologia e, radioterapia, apontam um total de 61.917 atendimentos nestas áreas. Os dados apurados são os seguintes: ambulatório de oncologia adultos 37.622 atendimentos; ambulatório de ortopedia/traumatologia 15.487 atendimentos; ambulatório de neurologia 4.524 atendimentos; ambulatório de radioterapia 2.525 atendimentos; ambulatório de oncologia pediátrica 1.759 atendimentos.

Somente na semana entre zero hora do dia 22 de dezembro e 10h00min manhã desta segunda 31, foram atendidos 1.358 pacientes no pronto socorro do do Hospital Regional do Oeste e, 1.199 atendimentos no pronto socorro do Hospital da Criança. No HRO a taxa de ocupação até o final da manhã de hoje registrava 55% de sua capacidade total. Porém alguns setores a taxa de ocupação chegando ao 100%, sendo: UTI geral, UTI pediátria e UTI neonatal. Já o setor de clínica médica está com sua capacidade instalada ocupada em 96%. Também a maternidade ultrapassando a casa dos 80%, seguida pelo berçário em 84% de sua capacidade instalada ocupada.

“Mesmo diante de um quadro aparentemente tranquilo, temos setores com demandas além da capacidade instalada, o que exige maior atenção do quadro técnico/funcional. Estamos atentos à situação e sugerimos que a comunidade continue colaborando em buscar atendimento médico hospitalar somente em caso de urgência ou emergência. Também que alguns cuidados básicos sejam mantidos em festas de final de ano, como evitar excesso na ingestão de álcool, cuidados com fogos de artifício e atenção redobrada no trânsito, principais causas por demanda médico hospitalar nesses períodos”, alerta o médico Sérgio Luiz Moura Casagrande, diretor técnico do Hospital Regional do Oeste.

Ambos hospitais mantém equipes médicas e de enfermagem 24 horas de plantão e sobreaviso para atender a população. Ao longo de 2018 tanto HRO, quanto HC e HNSS, prestaram e continuarão prestando em 2019 individualmente, 8.760 horas ininterruptas de atenção médico hospitalar a pacientes de Chapecó e da grande região Oeste, sete dias por semana, 365 dias do ano.