NotíciasPolícia

Homem que invadiu pizzaria para matar desafeto é condenado a 16 anos

Dois homens acusados de invadir uma pizzaria em implantação no bairro Líder, em Chapecó, e matar uma das cinco pessoas que trabalhavam no local, após efetuar diversos disparos de arma de fogo, foram julgados pelo Tribunal do Júri neste mês. Um deles foi condenado a 16 anos e quatro meses de reclusão, em regime fechado. Como já estava preso preventivamente, o réu saiu da sessão diretamente para o complexo prisional.

​O outro homem que respondia pelo mesmo crime acabou absolvido por falta de provas. A sessão, que ouviu três testemunhas e se estendeu por 11 horas, foi presidida pelo juiz Jeferson Osvaldo Vieira. Na acusação esteve o promotor de justiça Moacir José Dalmagro. E na defesa atuaram os advogados Cristian Robert Gura, Pâmela Cristine Barbosa Camargo e Sérgio Padilha. O crime ocorreu no dia 22 de dezembro de 2016 e foi julgado na última sexta-feira (4).​

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios