DestaqueEconomia

Governo tem a melhor arrecadação para janeiro em 25 anos

A arrecadação de impostos, contribuições e demais receitas federais somou R$ 174,991 bilhões em janeiro. A informação foi divulgada nesta quinta (20) pela Receita Federal.

O valor representa uma alta real (descontada a inflação) de 4,69% em janeiro, na comparação com o mesmo mês do ano passado.

Segundo a Receita Federal, a arrecadação de janeiro foi a maior para o mês de toda a série histórica, iniciada em 1995.

Com relação ao mês de dezembro de 2019, a arrecadação teve uma alta real de 18,39%.

Em todo o ano de 2019, a arrecadação federal somou R$ 1,537 trilhão, um aumento real de 1,69% em relação a 2018.

Segundo o chefe de Estudos Tributários e Aduaneiros da Receita Federal, Claudemir Malaquias, um dos destaques do mês foi o aumento de 16,45% na arrecadação com imposto de renda de empresas e com a Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL).

Essas arrecadações cresceram R$ 7,357 bilhões em relação a janeiro de 2019, passando de R$ 52,071 bilhões para R$ 44,714 bilhões.

Parte desse aumento deu-se pela declaração de ajuste, feita por empresas que fazem o pagamento dos impostos do ano anterior com base em estimativas de lucro. O pagamento do ajuste pode ser feito de janeiro a março.

Além do aumento na arrecadação do IRPJ/CSLL, também houve aumento na arrecadação do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF), que foi influenciado pelos ganhos em operações em bolsa.

A arrecadação com o IRPF cresceu 27,14% de R$ 1,607 bilhão para R$ 2,043 bilhões. (Fonte G1 Brasília).

Receba Notícias no seu WhatasApp?
Clique no link:  https://chat.whatsapp.com/IqM6dk1CKP9BPRhRZlDv3E 

 

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios