Destaque

Governo do Estado envia medida incluindo carne suína na cesta básica do catarinense

O Governo do Estado enviou à Assembleia Legislativa a medida provisória 226/2019, reinserindo as carnes e miudezas resfriadas ou congeladas de frango e suínos na cesta básica do Estado. A medida ainda prevê que a alíquota de ICMS para as carnes produzidas e vendidas em Santa Catarina voltem a ser de 7%.

A decisão foi comemorada pelo deputado estadual Altair Silva (Progressistas), que é coordenador da Frente Parlamentar da Suinocultura na ALESC. “Somos o maior exportador de carne suína do país, abatendo mais de 13 milhões de cabeças por ano, e não tínhamos na nossa cesta básica o produto. Agora eles voltam para a cesta básica e a tributação também volta a ser como era antes das mudanças feitas para reduzir incentivos fiscais em agosto”, comentou Altair.

A redução da alíquota é retroativa a 1º de novembro deste ano, e a expectativa é de que haja crescimento no setor e aumento no consumo dos produtos. “Agora voltamos a ter competitividade, minimizando a invasão de produtos do Paraná e do Rio Grande do Sul, sem contar que a carne volta a mesa dos catarinenses com preço diferenciado”, frisou Altair.

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios