DestaqueEconomiaEntretenimento

Governo do Estado cria plano de ações para a temporada de Verão

Um plano de ações está sendo desenvolvido pelo Governo do Estado para receber os turistas na temporada de Verão. O chefe da Casa Civil, Douglas Borba, o secretário da Administração, Jorge Tasca, a presidente da Santur, Flávia Didomênico, e a equipe do Escritório de Projetos (Eproj) discutiram os trabalhos a serem realizados por ordem de prioridade, na última semana.

“Precisamos deixar nossas cidades prontas para receber os mais de 2 milhões de turistas que visitam Santa Catarina no Verão. E não estamos falando apenas da presença de guarda-vidas nas praias. O planejamento do Governo engloba áreas distintas para que o visitante tenha a melhor experiência possível em nosso Estado”, afirmou Douglas Borba.

As ações foram divididas em Essencial, Importante e Desejável. As essenciais abrangem projetos e investimentos da Celesc e da Casan para evitar problemas com o abastecimento de água e energia elétrica nos principais destinos catarinenses. Para melhoria da mobilidade urbana, um grupo deverá ser formado por Secretaria da Infraestrutura e Mobilidade, DNIT e Polícia Rodoviária Federal. Eles irão estudar estratégias para otimização do fluxo de veículos em horários de pico nas principais vias e estradas do Estado.

Segundo a presidente da Santur, o Governo também tem o compromisso de divulgar ações e informar corretamente os visitantes. “Precisamos não só fazer melhorias, mas também mostrar para o turista tudo o que ele tem à disposição”, disse Flávia Didomênico. O intuito é que Santa Catarina, que já é considerado o melhor estado para viajar no Brasil, seja referência internacional no Turismo.

FOTO Mauren Rigo/Secom

Trabalho conjunto

O plano de Verão do Governo do Estado inclui todo o trabalho das Forças de Seguranças por meio da Operação Veraneio, mirando a redução da criminalidade e dos casos de afogamento.

Outras ações estão voltadas à acessibilidade nas praias, perda de crianças, lei seca, aumento da fiscalização da Vigilância Sanitária e do Instituto do Meio Ambiente (IMA), cuidados com proliferação de mosquitos, atendimento médico, campanhas para redução do uso de plástico e sinalização de rodovias e de pontos turísticos. (Fonte Secom-SC). 

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios