DestaquePolítica

Governo de Chapecó exonera servidores comissionados da administração anterior

Uma das primeiras medidas da novo Governo de Chapecó, que tomou posse na sexta-feira, foi a exoneração de 143 servidores ocupantes de cargos comissionados da administração anterior.

A medida, tomada no dia 1º de janeiro, será publicada no diário oficial do município nesta segunda-feira. Portanto, 100% dos comissionados foram desligados da prefeitura. Esta providência, que deveria ter sido adotada ainda na gestão anterior, objetiva conter as despesas e facilitar a composição da nova equipe de governo.

Clique aqui e receba notícias de Chapecó e Região, do Brasil e do mundo pelo WhatsApp!

Somente em salários estes 143 cargos representam despesa mensal aproximada de R$ 610.000,00 para os cofres do município.
Também nesta segunda-feira será publicado no Diário Oficial o novo decreto com as medidas de combate ao coronavírus, assinado no dia da posse do Prefeito João Rodrigues. O horário do comércio, bares e restaurantes foi ampliado das 22h para às 24h, para diminuir aglomerações. O transporte coletivo voltará a funcionar diariamente, com lotação máxima de 70%. As praças e parques fecham às 20h.

No início dos trabalhos da Administração, serão nomeados os sete secretários municipais anteriormente anunciados, concretizando uma redução de seis secretarias municipais. Com a enxugamento da estrutura administrativa e a redução do número de servidores comissionados o prefeito João Rodrigues informou que pretende economizar cerca de R$ 20 milhões em quatro anos, sendo que estes recursos serão destinados para a execução de obras de infraestrutura fundamentais para melhorar a vida dos chapecoenses.

 

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios