Destaque

Governo Catarinense inaugura rede de gás natural em Lages

Nesta segunda (10), a partir das 15h na Uniplac de Lages, o Governador de Santa Catarina, Carlos Moisés da Silva, inaugurará projeto pioneiro de interiorização da oferta de gás natural no Estado. Em operação desde o dia 20 de julho, a primeira fase da rede local e isolada do município serrano tem 18,5 quilômetros de extensão. Os investimentos chegaram a R$ 7 milhões.

No mesmo ato, o governador dará autorização para a licitação e contratação das obras da segunda fase do projeto: serão implantados mais 9,6 quilômetros de rede em Lages para atender indústrias – Vossko e Sanovo já contratadas – e clientes dos demais segmentos. Os investimentos devem chegar a R$ 5 milhões na segunda fase.

Clique aqui e receba notícias de Chapecó e Região, do Brasil e do mundo pelo WhatsApp!\

Receberá a ordem de serviço o diretor presidente da SCGÁS, Willian Anderson Lehmkuhl. Fruto da sua experiência na International Gas Union, maior organização do setor de gás natural do mundo da qual o atual presidente da SCGÁS é integrante, nos últimos anos viabilizaram-se visitas técnicas na Europa para aprofundar os conhecimentos deste modelo de redes isoladas, implantado com sucesso em Lages. Também testemunhará o ato o idealizador do projeto e ex-presidente da Companhia, o lageano Cósme Polêse.

A ordem de serviço está inclusa em extensa agenda do Governo na cidade, que inclui diversos outros atos como a inauguração da nova ala do hospital Tereza Ramos.

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios