DestaqueEconomia

Fiesc apresenta na Aurora projeto do Instituto Senai de Tecnologia em Chapecó

O projeto do novo centro de referência em tecnologia na área de alimentos e bebidas do Senai, que será construído em Chapecó, foi apresentado nesta semana à diretoria da Cooperativa Central Aurora Alimentos.

O presidente do sistema Fiesc Mario Cezar de Aguiar, o vice-presidente regional Oeste Waldemar Schmitz, o diretor regional do Senai Fabrizio Machado Pereira e o gerente executivo do Sesi/Senai nas regionais Oeste e Extremo Oeste Geferson Luiz dos Santos apresentaram o projeto ao presidente da Aurora Mário Lanznaster, ao vice-presidente Neivor Canton e assessores da empresa.

Clique aqui e receba notícias de Chapecó e Região, do Brasil e do mundo pelo WhatsApp!

O Instituto de Tecnologia do Senai será construído na Rua Osvaldo Cruz, ao lado da área de cultivo da Epagri, no bairro São Cristóvão. As obras iniciam em 2021 e a nova estrutura entrará em funcionamento em 2022. O novo centro será o sétimo Instituto Tecnológico do Senai no Estado e é o primeiro grande investimento do novo ciclo de aporte de recursos iniciado pela Fiesc em Santa Catarina.

Os dirigentes apresentaram aos diretores da Aurora o projeto arquitetônico do novo centro que terá estrutura moderna e inovadora, inspirada em projetos do setor na Nova Zelândia. Serão três pavimentos, 6.000 m² de área construída, com capacidade tecnológica para atender toda a cadeia de alimentos, incluindo ensaios com grãos, serviço que até então só era disponibilizado por Curitiba e São Paulo ou fora do País. O investimento será de mais de R$ 25 milhões.

Lanznaster e Canton cumprimentaram a Fiesc pela iniciativa do empreendimento e pela valorização das cadeias produtivas do oeste. A Aurora antecipou que demandará o futuro estabelecimento com exames e ensaios laboratoriais para produtos cárneos e lácteos, que hoje são feitos em laboratórios próprios ou privados.

Ao detalhar o projeto, o presidente da Fiesc Mario Cezar de Aguiar ressaltou que o novo espaço representa um salto de capacidade produtiva do Senai para a região que já é referência na produção de alimentos. Com diversos laboratórios, espaço para eventos, coworking, auditório, a estrutura terá um observatório da indústria, empregará 100 profissionais altamente qualificados e ampliará o atendimento tecnológico do Senai em ensaios de proficiência. O novo centro atenderá, a partir de Chapecó, todo o Brasil, 14 países da América Latina, além da Angola e de parte da Europa.

“Hoje já atendemos 14 países da América Latina e a Angola, além de 95% dos Estados brasileiros. Com a nova estrutura, ampliaremos os tipos de ensaios e as quantidades para todo o País, além de avançarmos com a nossa agenda de internacionalização”, destacou Fabrizio ao informar que a estrutura terá capacidade ampliada de 7.000 por mês para até 6.000 ensaios por dia.

Inovação

O centro de referência em tecnologia na área de alimentos e bebidas auxiliará as indústrias do segmento a buscar e implementar tecnologia e inovação em seus processos e produtos, por meio de consultorias especializadas, pesquisa e inovação, serviços meterológicos e educação para elevar a competitividade das empresas.

A estrutura proporcionará uma série de novos serviços e produtos, incluindo ensaios com pescados, ensaios de sanidade animal, novos ensaios de bebidas com leveduras, ensaios cromatográficos, alergênicos, de toxidade e de metais em produtos de carne. Fará, também, o desenvolvimento de formulações e de novos produtos, rotulagens, consultorias Food Defense, consultorias ISO 22000:2005, consultoria para certificação halal, consultoria para validação térmica de estufas de cozimento, ensaios de grãos e laboratório de leite.

“A obra representa uma virada tecnológica para o Senai. Ampliaremos os serviços e o atendimento dentro e fora do Brasil, com destaque para o fortalecimento do laboratório de biologia molecular, inovação no setor de grãos e cobertura completa da cadeia de alimentos”, complementa Fabrizio Pereira. (MB Comunicação).

 

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios