Polícia

Fábrica de armas é descoberta durante incêndio

A Polícia Militar prendeu, nesta quinta (19),  uma mulher suspeita de fabricar armas artesanais em Ribeirão das Neves, na região metropolitana de Belo Horizonte.

A fábrica de armas e munições foi descoberta durante o atendimento à uma ocorrência de incêndio. De acordo com os Bombeiros, uma equipe chegou ao local e encontrou a casa em chamas.

Clique aqui e receba notícias de Chapecó e Região, do Brasil e do mundo pelo WhatsApp!

Em certo ponto da construção, os militares perceberam a existência de uma fumaça mais escura, o que dificultava o avanço. Após as chamas serem controladas, os bombeiros realizaram uma vistoria estrutural e, neste momento, foram encontradas munições de diversos tipos, o que fez com que os bombeiros acionassem a Polícia Militar.

No local, os policiais encontraram 13 munições de calibres variados, estojos para o armazenamento das balas, pacotes de chumbo, tubos de pólvora, além de partes de armas e maquinário que seria usado na fabricação das peças.

Uma mulher,  suspeita de ser a responsável pela fabricação das armas, foi identificada. Ela estava bastante agressiva e, por causa do nervosismo, chegou a ser conduzida à uma unidade de saúde da região, mas foi presa na sequência. Um segundo suspeito, masculino, conseguiu fugir do local e é procurado pela Polícia Militar. (Fonte R7).

 

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios