DestaqueInternacional

Explosões no porto de Beirute, Líbano, causam grande destruição

Uma série de explosões na região portuária de Beirute, no Líbano, foi registrada nesta terça (4). Segundo a TV Al Jazeera, o Ministro da Saúde do país confirmou a morte de 30 pessoas e pelo menos 3 mil feridos, mas ainda não dá para estimar o número exato de vítimas.

Repórteres de emissoras de TV que estão no local falam em dezenas de corpos no local do que até agora é tratado como um acidente.

Fontes militares, no entanto, dizem que o local da explosão coincide com um armazém onde eram guardados materiais altamente explosivos confiscados. Anteriormente, o ministro da Saúde, Hamad Hassan, havia citado um navio carregado de fogos de artifício.

De acordo com o editor da Sky News no Oriente Médio, Zein Ja’far, todas as janelas ao redor do acidente foram destruídas. Outras testemunhas afirmam que os vidros voaram por todos os lados no momento da explosão.

Veja o momento da explosão:

Casas de diplomatas brasileiros foram atingidas por estilhaços das explosões na região portuária de Beirute, capital do Líbano. A informação foi confirmada pela reportagem do R7 por meio de fontes do governo federal. Até o momento, não há informações de brasileiros feridos ou mortos.

Segundo a TV Al Jazeera, o Ministro da Saúde do país confirmou a morte de 30 pessoas e pelo menos 3 mil feridos, mas ainda não dá para estimar o número exato de vítimas. Repórteres de emissoras de TV que estão no local falam em dezenas de corpos no local do que até agora é tratado como um acidente.

Fontes militares, no entanto, dizem que o local da explosão coincide com um armazém onde eram guardados materiais altamente explosivos confiscados. Anteriormente, o ministro da Saúde, Hamad Hassan, havia citado um navio carregado de fogos de artifício.

De acordo com o editor da Sky News no Oriente Médio, Zein Ja’far, todas as janelas ao redor do acidente foram destruídas. Outras testemunhas afirmam que os vidros voaram por todos os lados no momento da explosão. (Fonte R7).

 

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios