Destaque

Ex-meia de Ponte e Corinthians é preso por furto a caixa eletrônico

O ex-meio-campista Piá, que defendeu Ponte Preta, Corinthians e Santos, entre outros times, foi preso em flagrante neste sábado (23) em Cordeirópolis, interior de São Paulo, no momento em que tentava furtar envelopes com dinheiro em um caixa eletrônico da cidade. É a quarta vez que ele é detido por isso.

A informação foi divulgada inicialmente pela Rede Globo e confirmada pela reportagem do UOL Esporte com a Guarda Municipal de Cordeirópolis. De acordo com a polícia, Piá será transferido para Limeira nas próximas horas, onde ficará detido pelo menos até este domingo (24).

Com passagem marcante pela Ponte Preta e mais breves por Corinthians e Santos, Piá, hoje com 46 anos, retirou-se dos gramados definitivamente em 2011. Após a aposentadoria, Piá começou a ter problemas com a justiça. A primeira vez que acabou preso foi em janeiro de 2014, depois de ser indiciado por tentativa de furto em um caixa eletrônico de Campinas. Naquela ocasião, ele ficou 21 dias detido no Centro de Detenção Provisória de Hortolândia.

Em abril do ano seguinte, ele foi preso em flagrante em Americana cometendo o mesmo delito. Quatro meses depois, Piá foi pego tentando “pescar” envelopes em um banco de Bauru. (Fonte UOL Notícias).

Receba Notícias no seu WhatasApp?
Clique no link: https://chat.whatsapp.com/J4WlEehakUP9cOsnsHJ4Ng

 

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios