Ex-deputado estadual relata trajetória política em livro

FOTO: Fábio Queiroz / Agência AL

Exatamente no Palácio Barriga Verde, sede do Legislativo estadual e onde atuou por cinco legislaturas, o ex-deputado Antonio Aguiar fará, na próxima quarta-feira (20), às 17 horas, o lançamento do livro “Trilhos de um médico na política”, no qual descreve sua trajetória de vida e os motivos que o levaram à vida pública, até decidir não concorrer às últimas eleições. Ele quer presentear a obra autobiográfica aos parlamentares, daí ter programado o ato para o hall da Assembleia Legislativa, ao lado do Plenário Osni Régis.

Um pouco de história

O ex-deputado Antonio Aguiar foi pródigo em iniciativas parlamentares em suas cinco legislaturas. Mas duas se destacam: a da transparência das filas da Saúde/SUS para consultas com especialistas, cirurgias eletivas e exames especializados, já vigente; e a do prontuário unificado na Saúde de Santa Catarina, que o governo vetou. O veto deve ser rejeitado, uma vez que o próprio SUS está garantindo recursos para implantar o sistema.

Aguiar é filho de um ferroviário, motivo da foto de capa em frente à estação do distrito de Marcílio Dias, em Canoinhas, onde nasceu. Saiu de casa aos onze anos para estudar, quase se tornou padre e se formou médico com muito esforço. Sempre com iniciativas ousadas, como a que o aproximou do famoso cirurgião plástico Ivo Pitanguy durante residência médica no Rio de Janeiro. Voltou a Canoinhas e ingressou na política para defender a melhoria do hospital local. Adiante recebeu convite para concorrer a deputado estadual.

Cumpriu mandatos focados no Planalto Norte e nas questões da Saúde. Deixou vários projetos que relata no livro como se desenvolveram. Fala de outros cujas iniciativas não alcançaram exatamente os objetivos pretendidos. Duas iniciativas são bem atuais, o projeto que deu transparência as filas para atendimentos na saúde, e a proposta de implantação de um prontuário eletrônico unificado, que o Executivo vetou e a Assembleia está prestes a avaliar novamente.

Aguiar conta detalhes de suas eleições e passagens curiosas, como a vez em que, por acaso, acabou numa sessão do festival de Marrakech, no Marrocos, sentado ao lado da atriz Sigourney Weaver, que com ele conversou durante toda a apresentação de um filme, e depois, durante recepção oferecida pela nobreza local ao ex-governador Luiz Henrique o tratou por “my friend”, sem que ninguém entendesse a razão.

O ex-deputado tem saudades da política, mas acha que saiu no momento certo e justifica a decisão, quer ter mais tempo para ele e a esposa Marilu, que sempre o acompanhou em sua trajetória. Seu livro mostra a história de um homem que preserva o orgulho de ser do interior. O prefácio do livro é do ex-governador Eduardo Pinho Moreira. A organização dos textos contou com a participação de dois experientes jornalistas, Evory Pedro Schmitt, que por anos assessorou Aguiar na Assembleia, e o colunista político Roberto Azevedo. “Trilhos de um médico na política” foi publicado pela Editora Insular. (Com informações dos organizadores da obra).