Evento de Educação reúne 700 servidores municipais e especialistas

Uma oportunidade para que os gestores municipais das áreas da Educação e Administração recebam orientações sobre os recursos e encaminhamentos de projetos e ações para o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). Com esse objetivo, auditório lotado e prestigiado por autoridades, segue até fim desta quarta-feira (5/6) o encontro “Mais Brasil: FNDE em ação pela Educação”. Promovido pelo Governo Federal, Secretaria de Estado da Educação (SED) com apoio da Federação Catarinense de Municípios (FECAM) e União Nacional de Dirigentes Nacionais de Educação (UNDIME/SC) o evento foi prestigiado por autoridades federais e estaduais.

O presidente da FECAM, prefeito de Tubarão, Joares Ponticelli, destacou que o evento oportuniza aos municípios acelerar projetos, muitos com entraves, seja por falta de orientação ou mudanças de sistema ou gestão de um governo para o outro. “Temos que valorizar a iniciativa e a disposição dos servidores municipais e técnicos do Governo que sentam para dialogar e que buscam agilidade, o que só tende a melhorar a educação em Santa Catarina”, disse na abertura do evento.

Cerca de 700 pessoas participaram do ato inicial, que contou com a presença do presidente do FNDE, Carlos Alberto Decotelli; da vice-governadora de Santa Catarina, Daniela Reihner; do secretário de Estado da Educação (SED), Natalino Uggioni, do Secretário da Casa Civil, Douglas Borba e dos presidentes das instituições FECAM, Joares Ponticelli e presidente da UNDIME/SC, Patrícia Lueders. “Trazermos um evento desta magnitude à Santa Catarina, com mais de 90% dos municípios representados, ratifica a importância dos programas no desenvolvimento da Educação. Acredito que a proximidade com o FNDE irá possibilitar aos educadores conhecer ainda mais o funcionamento dos programas, tirar dúvidas e, a partir daí, buscar alternativas para aprimorar a oferta da Educação Básica em nosso Estado”, destacou a presidente da UNDIME/SC, Patrícia Lueders.

O presidente do FNDE, Carlos Alberto Decotelli, destacou que a prioridade é que os municípios tenham segurança em compreender o que é o Fundo, como acessar, como habilitar os protocolos, documentos regulatórios e normativos e as exigências na prestação de contas. “O Brasil tem exemplos de excelência distribuídos nos municípios e estamos buscando identificar estas referências de excelência para aplicá-las em termos de conceito nacional”, reforçou.

PROGRAMAÇÃO

A extensa programação inclui palestra com especialistas em educação, com temas relacionados ao FNDE e a aplicação de projetos e ações nos municípios, além de atendimento técnico e individualizado para esclarecimento de dúvidas com gestores do Fundo. A programação que no primeiro dia tratou de apresentar a metodologia do FNDE, as experiências em educação, monitoramento de planos de ação e prestação de contas, segue até o fim da tarde desta quarta-feira (5/6) com informações sobre o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE), Programa para Recursos Suplementares, monitoramento de obras, e prestação de contas (SiGPC). (Ascom/Fecam).