Destaque

Estudo de vacina está em etapa final antes de liberação, diz Anvisa

Gustavo Mendes, gerente geral de medicamentos da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), explicou, nesta quarta (3), que a “fase três” dos testes com a vacina contra a covid-19 em desenvolvimento na Universidade de Oxford, no Reino Unido, é a última etapa para a aprovação ou não do imunizante. Na terça (2), em edição extra do Diário Oficial da União, o órgão federal autorizou a realização de testes clínicos no Brasil.

É a fase final para que a gente tenha uma decisão sobre aprovar ou não essa vacina como tratamento ou prevenção da covid-19. É importante destacar que a Anvisa, para fazer essa anuência, ela leva em consideração primeiro a segurança do paciente ou, no caso, do voluntário que vai participar desse estudo. A gente também avalia a robustez científica da proposta”, comentou.

Segundo o diretor da agência, ainda não é possível afirmar quando os resultados consolidados serão apresentados. No entanto, diante da urgência com que o tema vem sendo tratado, ele acredita que dados preliminares sobre a condução do estudo possam ser divulgados ainda no segundo semestre.

Resultados dependem da capacidade de recrutamento, da capacidade dos centros de pesquisas de fazer uma coleta adequada, por isso, não dá para fazer uma estimativa de quando a gente vai ter essa vacina disponível”, comentou.

A expectativa é que sejam recrutados 2 mil voluntários entre profissionais de saúde, justamente porque eles têm maiores chances de exposição ao vírus por estarem na linha de frente do combate à pandemia.

“Esse não vai ser o estudo onde vão se infectar as pessoas para saber se a vacina funciona ou não. É um estudo que vai selecionar pessoas que vão tomar a vacina, um grupo vai tomar a vacina e um outro grupo vai tomar a vacina meningocócica, que não vai ter o efeito para a covid-19, e essas pessoas vão se expor naturalmente”.

De acordo com órgão, para a realização de qualquer pesquisa clínica envolvendo seres humanos, os laboratórios precisam, necessariamente, de autorização dos CEPs (Comitês de Ética em Pesquisa) ou da Conep (Comissão Nacional de Ética em Pesquisa).  (Fonte R7).

Receba Notícias no seu WhatasApp?
Clique no link: https://chat.whatsapp.com/J4WlEehakUP9cOsnsHJ4Ng

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios