DestaqueInternacional

Estados Unidos confirmam a morte do líder da Al Qaeda, substituto de Osama bin Laden

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, confirmou na noite desta segunda (1º) a morte do líder da Al Qaeda, Ayman al-Zawahiri, em um ataque com drone em Cabul, capital do Afeganistão.

Clique aqui e RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS  EM SEU WHATSAPP

Segundo Biden, al-Zawahiri estava sendo monitorado havia algum tempo pelas forças de segurança dos Estados Unidos, que estudavam qual seria o melhor momento para realizar o ataque. Após sinal verde do presidente, as forças de segurança do país deram prosseguimento no ataque.

Poucas horas antes, a imprensa dos Estados Unidos especulava sobre a morte de al-Zawahiri, uma vez que fontes do governo haviam revelado que uma missão contra um “alvo da Al Qaeda” tinha sido bem-sucedida.

Número 2 da Al Qaeda, al-Zawahiri assumiu o cargo de líder da organização terrorista após a morte de Osama bin Laden, também pelas mãos das forças de segurança dos Estados Unidos. Ambos planejaram os atentados de 11 de Setembro, que tiraram a vida de cerca de 3.000 pessoas em 2001.

“A justiça foi feita, e esse líder terrorista não existe mais”, conluiu. Do R7

 

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios