Destaque

Escolha para onde vai parte do seu Imposto de Renda

Você sabia que pode destinar parte do seu Imposto de Renda para projetos socais? Os contribuintes que fazem a declaração do Imposto de Renda Pessoa Física na modalidade completa podem destinar até 6% ao Fundo da Criança e Adolescência (FIA) e ao Fundo do Idoso – 3% cada. Ainda falta um mês para o término do prazo de entrega da declaração e, ao escolher financiar projetos locais, o contribuinte auxiliará no desenvolvimento do município.

Clique aqui e receba notícias de Chapecó e Região, do Brasil e do mundo pelo WhatsApp!

A Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC) incentiva as pessoas a destinaram parte do imposto aos projetos locais. “Existem os fundos nacionais, estaduais e municipais. Sugerimos fazer a destinação para os fundos municipais para que o dinheiro fique no município e seja investido em projetos locais. Esses fundos são controlados pelos conselhos municipais de cada área, neste caso, pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Chapecó (CMDCA) e pelo Conselho Municipal dos Direitos do Idoso (CMDI)”, explica o diretor financeiro da entidade, Dalvair Anghében.

O contribuinte precisa observar que os valores deduzidos estão sujeitos à comprovação, por meio de documentos emitidos pelos conselhos gestores dos respectivos fundos. As doações efetuadas em moeda devem ser depositadas em conta específica, aberta em instituição financeira pública, vinculada ao respectivo fundo. Para fins de comprovação, cada fundo deverá registrar em sua escrituração os valores recebidos e guardar a documentação pelo prazo decadencial.

Para fazer a destinação é preciso depositar o valor na conta do fundo escolhido, encaminhar comprovante de depósito informando nome completo do doador, endereço, telefone e número do CPF. O fundo emitirá o recibo e enviará para o contribuinte. “As destinações são seguras e auxiliam para o desenvolvimento local, por meio dos programas realizados nas áreas da infância, adolescência e idoso. Em caso de dúvida, procure um contador, converse com pessoas que já fazem a destinação ou mesmo com integrantes dos conselhos e dos fundos. A ACIC também está disponível para esclarecimentos”, realça Anghében.

Portal Social

Para incentivar e fortalecer a cultura de destinação do Imposto de Renda devido, tanto de pessoas físicas quanto de empresas, e divulgar projetos aprovados pelas leis de incentivo fiscal, a ACIC lançou, em 2020, o Portal Social. Na plataforma, são cadastrados projetos do terceiro setor de Chapecó e da região. É um meio de articulação e estímulo para o uso das leis de incentivos fiscais federais, ao promover o encontro de projetos, das empresas e de moradores do município que têm interesse em fazer a doação.

O endereço para acesso é o www.portalsocialacic.com.br.

O Portal Social tem como patrocinadores institucionais: Aurora Alimentos, BRDE, Eko’7, Sicoob MaxiCrédito, Sicredi, Unicred e Unimed Chapecó, além do apoio da Saphir, da Scolari Soluções Criativas e do Sindicato dos Contabilistas de Chapecó (Sindicont). MB Comunicação

 

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios