Destaque

ESCLARECIMENTO: Hospital Regional desmente áudio que circula, sobre falta de oxigênio

A direção do Hospital Regional do Oeste (HRO) esclarece que são completamente inverídicas as informações veiculadas por meio de áudio, em alguns grupos de WhatsApp e de autoria de um suposto Dr. Kleber, sobre a possibilidade de morte de pacientes de Covid-19, nos próximos 15 ou 20 dias, por falta de oxigênio, leitos de UTI, e na impossibilidade de transferências para outras regiões ou Estados.

O abastecimento de oxigênio está normalizado (NF Anexa), a ampliação da oferta de leitos de UTI está sendo gestionada entre a instituição, o Gestor Pleno de Saúde (que é o Município de Chapecó) e o Governo Estadual – conforme amplamente noticiado nos últimos dias. Quanto à transferência de pacientes, cabe ao Sistema de Regulação da Secretaria de Estado de Saúde administrar e definir os encaminhamentos, ressaltando-se que, por conta disso, o HRO já recebeu pacientes de outras regiões de SC.

Por fim, a Direção do HRO, adverte que provocar alarme, anunciando desastre ou perigo inexistente, ou praticar qualquer ato capaz de produzir pânico ou tumulto, configura crime e os responsáveis poderão responder criminalmente.

Chapecó, 04 de fevereiro de 2021

 

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios