Destaque

Encontrados objetos no mar que podem ser de avião C-130 desaparecido

A Força Aérea do Chile (FACh) disse nesta quarta (11) que encontrou restos de espuma flutuando no mar a 30 km ao sul da posição do último contato do avião C-130 que desapareceu na segunda (9), com 38 pessoas a bordo quando seguia de Punta Arenas para a Base Presidente Eduardo Frei, na Antártica.

De acordo com comunicado da FACh, o material foi encontrado pelo navio chileno Antartic Endeavor e pode ser parte dos tanques de combustível que o avião tem nas asas. As espumas serão recuperadas para que a perícia possa avaliar se são mesmo do avião desaparecido.

Quase simultaneamente, a Marinha brasileira anunciou que o navio polar Almirante Maximiano, recolheu, por volta das 15h45 (horário de Brasília) “itens pessoais e destroços compatíveis com a aeronave Hércules C-130, da Força Aérea do Chile, que estava desaparecido”.

As partes do avião e os objetos estavam a aproximadamente 518 km de Ushuaia, na Argentina, informa a Marinha do Brasil.

Desaparecimento

As pessoas a bordo do C-130 — 17 tripulantes e 21 passageiros, incluindo três civis — viajavam para fazer manutenção em uma tubulação flutuante de óleo e outros equipamentos na Base Presidente Eduardo Frei.

Um dos civis que viajavam no Hércules C-130, era um jovem de 24 anos que participaria de um projeto de pesquisa e dois funcionários de uma empresa privada.

De acordo com a FACh, os dois pilotos tinham ampla experiência e o avião construído em 1978 estava em boas condições. Ainda segundo a autoridade militar, a aeronave fazia a rota entre Punta Arenas e a base na Antártica uma vez por mês.

Quinze aviões e cinco barcos participam na operação de busca do avião Hércules C-130, afirmou o comandante da la IV brigada aérea chilena, Eduardo Mosqueira, pela manhã.

“Toda a FACh e as Forças Armadas estão colocando o apoio e esforço para procurar o C-130 desaparecido”, afirmou à imprensa na base aérea de Chabunco, na cidade de Punta Arenas, 3.000 km ao sul de Santiago.

O avião militar decolou às 16h55 de segunda-feira de Punta Arenas, no extremo sul do Chile, rumo à base Eduardo Frei na Antártica e perdeu comunicação por rádio às 18h13.

A aeronave foi declarada “sinistrada” sete horas após o incidente. O avião tinha combustível para permanecer no ar até 0h40 de terça-feira.

As operações contam com militares do Chile, Argentina, Uruguai, Brasil e Estados Unidos. (Fonte G1).

Receba Notícias no seu WhatasApp?
Clique no link:  https://chat.whatsapp.com/IqM6dk1CKP9BPRhRZlDv3E 

 

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios