DestaquePolítica

Em Concórdia, Altair Silva trata de estiagem e controle sanitário

Um dos principais pólos do agronegócio catarinense, o município de Concórdia recebeu a visita do secretário estadual de Agricultura, Pesca e Desenvolvimento Rural, Altair Silva, acompanhado do presidente da Cidasc, Plínio de Castro, e do diretor de Agropecuária, Diogo Torres Severo.

Clique aqui e receba notícias de Chapecó e Região, do Brasil e do mundo pelo WhatsApp!

Na semana que passou, eles estiveram primeiro na prefeitura, onde Altair deu detalhes sobre dois programas do governo estadual que podem ser acessados com apoio da Epagri para o enfrentamento da estiagem: até R$ 40 mil para construção de poços artesianos e até R$ 400 mil para redes de abastecimento de água. Concórdia, que tem 70% da sua economia baseada no agronegócio, já acumula perdas de R$ 60 milhões em 2020 e neste momento volta a sofrer com a falta de chuva, fazendo o transporte diário de cerca de 100 mil litros de água para as propriedades.

Altair Silva também conferiu de perto o trabalho dos servidores da Cidasc, conhecidos por “barreiristas”, que atuam no Posto de Fiscalização do Trânsito de Animais, Vegetais e Produtos Agropecuários da BR-153. A barreira fixa é uma das 63 instaladas nas divisas com Paraná e Rio Grande do Sul e na fronteira com a Argentina, onde a Cidasc cumpre a tarefa de garantir o trânsito sem riscos de animais, produtos e subprodutos de origem animal ou vegetal, ao entrar ou sair do estado.

Altair Silva se reuniu ainda com a Associação Catarinense de Criadores Suínos (ACCS) para discutir alternativas ao descarte adequado de carcaças e como ampliar a defesa do status sanitário, que é livre de peste suína clássica e de febre aftosa sem vacinação.

Ao presidente Losivanio Luiz de Lorenzi, o secretário estadual destacou a contribuição da associação ao status sanitário de Santa Catarina. “O trabalho feito pela central de sêmen da entidade é de grande importância para assegurar a sanidade do rebanho e melhorar a renda do suinocultor, pois a certificação na origem, diferencial exclusivo do nosso estado, é o principal instrumento para alcançarmos os mercados mais rentáveis do mundo”.

Atair Silva ainda visitou a Associação das Agroindústrias Alimentícias de Santa Catarina (ASAA-SC) para ouvir as demandas e reforçar os programas da secretaria estadual no desenvolvimento do agronegócio catarinense, e fez questão de incluir no roteiro uma agenda com os profissionais da Epagri e da Cidasc que atuam nos escritórios regionais em Concórdia. Ascom Deputado

 

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios