Destaque

Diversas cartinhas estão à espera de adoção na Casinha do Papai Noel

Inúmeras cartinhas já foram adotadas na Casinha do Papai Noel em Chapecó, mas ainda há um grande número à espera de uma oportunidade. Quem planeja contribuir para um Natal mais feliz de uma ou mais famílias tem até esta quinta-feira (23), das 18h às 22 horas para visitar a Casinha do Papai Noel, na Praça Coronel Bertaso em Chapecó, onde estão expostas as cartas.

Clique aqui e receba notícias de Chapecó e Região, do Brasil e do mundo pelo WhatsApp

O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Chapecó (CDL), Clóvis Afonso Spohr, destaca que a Casa do Papai Noel está comprovando o quanto é uma iniciativa bem-vinda para a felicidade da garotada. “Felizmente com as novas condições de saúde de todos, conseguimos instalar a casa que se revelou um sucesso total. Cerca de mil pessoas passam pelo local diariamente e, além de prestigiar o espaço, muitas levam para casa uma cartinha para atender aos pedidos de famílias que passam por dificuldades”.

Segundo o presidente da entidade, os pedidos, muitas vezes, são de itens básicos. “Há quem deseje uma simples cesta básica, material escolar, um par de tênis ou um frango para a ceia natalina. Sugerimos que a comunidade em geral aproveite os últimos dias para visitar a Casinha do Papai Noel e adotar uma ou mais cartinhas, uma vez que a expectativa é muito grande de quem deixa um pedido. Também lembramos que os cidadãos que adotarem as cartinhas serão responsáveis pela entrega dos presentes”.

Por fim, Spohr enfatiza que essa é uma época em que a espiritualidade e a solidariedade se sobressaem. “Os pedidos são, na maioria das vezes fáceis de serem atendidos, e quem puder, incentivamos que exerça esse ato solidário para que todos possam ter um feliz Natal”. MB Comunicação

 

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios