DestaqueEsportes

DIA DOS AVÓS: “O legado do meu avô foi o amor pelo voleibol”

Neste domingo (26), brasileiros e portugueses celebram o dia dos avós. A data tem origem religiosa, na Igreja Católica: trata-se do dia de São Joaquim e Santa Ana, pais de Maria e avós de Jesus Cristo, conforme o texto bíblico. Para além da simbologia religiosa, o dia dos avós se tornou popular e faz parte do calendário de muitas famílias, que têm como marca os fortes laços de afeto entre avós e netos.

Para Vitória Cerimele da Silva, 19 anos, que atua como central na Associação Chapecoense de Voleibol, a data tem uma dose extra de emoção e boas lembranças: seus avós Waldir e Clara (ambos in memorian) e a avó Maria sempre foram grandes incentivadores da neta no esporte. Seu Waldir da Silva, aliás, foi o responsável por seus primeiros passos na quadra. Apaixonado pela modalidade e pela Seleção Brasileira de Voleibol Feminino, ele assistia a todos os jogos, conhecia todas as atletas e chegava a acordar de madrugada para assistir ao vivo às partidas internacionais. Ainda pequena, Vitória era companheira do avô nas jornadas, sempre curiosa e atenta aos detalhes do jogo.

FOTO Ascom/ChapeVôlei

“Certo dia, eu e meu avô estávamos na sala de casa assistindo a um jogo, quando passou um carro de som anunciando que o projeto de voleibol da cidade estava abrindo uma seletiva para novas atletas. Eu já tinha treinado em várias modalidades, mas ainda não no vôlei, então meu avô sugeriu que eu tentasse. Fiz a seletiva e passei, e comecei a treinar aos nove anos de idade, sempre com muito incentivo do meu avô”, conta Vitória.

Seu Waldir havia sido atleta de bolão durante muitos anos, colecionando conquistas na modalidade. No espaço onde seu Waldir trabalhava, entre as lembranças, as orações e os desenhos que fazia das ruas de Joinville, ficava um cofrinho. A cada competição que a neta disputava nas cidades próximas, ainda nas categorias de mirim e iniciante, seu Waldir fazia questão de oferecer “um trocadinho para comprar alguma coisinha na viagem”. “Ele sempre ajudava com material de jogo, com as rifas que o time fazia para viajar, e sempre com muitas palavras de carinho”, lembra a central.

Clique aqui e receba notícias de Chapecó e Região pelo WhatsApp!

Em 2013, sob o comando do técnico José Roberto Guimarães, a Seleção Brasileira disputava o Grand Prix de Voleibol e fazia uma temporada excelente, com 16 vitórias seguidas, até que foi surpreendida pela Bulgária, perdendo por 3 x 1 e quebrando a sequência histórica. Ninguém sentiu tanto a derrota quanto seu Waldir – após o jogo, o avô de Vitória teve complicações cardíacas e veio a falecer pouco tempo depois, no mesmo ano.

Mesmo sofrendo com a perda de seu maior torcedor, Vitória jamais desistiu da modalidade e carrega o legado do avô com orgulho a cada partida. Representando a ACV/Chapecó desde 2019, a atleta participou das conquistas de Jogos Abertos de Santa Catarina, Jogos Universitários, Liga Oeste e Superliga C. “Meu avô não chegou a me ver jogar profissionalmente, pois quando ele se foi eu estava muito no começo. Mas guardo com muito carinho o amor pelo vôlei que ele dedicava, sempre vou lembrar do encanto dele pelo esporte, de cada palavra de incentivo, de todo o apoio, e claro, de cada ‘trocadinho'”, finaliza.

 

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios