Destaque

Depois de 2 dias de júri, cinco réus são condenados a quase 500 anos de prisão por chacina no Oeste

Sobrevoos do helicóptero da Polícia Civil, 16 policiais militares em viaturas e outros nove em motocicletas na área externa do fórum da comarca de Chapecó. Do lado de dentro, 27 policiais penais, 14 militares e quatro à paisana membros do Núcleo Interno de Segurança do Tribunal de Justiça de Santa Catarina e da Casa Militar. Estrutura que se fez necessária e chamou a atenção da comunidade nos últimos dois dias quando aconteceu o julgamento de cinco homens acusados pela morte de três jovens, em Quilombo, também no Oeste. O júri foi transferido para a comarca vizinha em atendimento a pedido do Ministério Público devido à grande comoção que o crime causou no município com menos de 10 mil habitantes.

⬇️Quer ficar BEM INFORMADO?⏬
 Clique abaixo e receba NOTÍCIAS EM SEU WHATSAPP

👉🏿Acesse nosso grupo de NEGÓCIOS/CLASSIFICADOS💰

No primeiro dia da sessão, na quinta (30), sem oitiva de testemunhas, os trabalhos iniciaram com os interrogatórios dos cinco réus, na parte da manhã. Os acusados optaram por responder apenas às perguntas dos 11 advogados de defesa. Após pausa para almoço, o júri continuou com explanação de três horas da acusação, onde atuaram dois promotores de justiça e um assistente de acusação. Na sequência, por igual tempo, falaram os advogados.

No segundo dia, o Ministério Público iniciou a manhã fazendo uso da réplica até o horário de almoço. A tarde foi dedicada à tréplica da defesa. Em seguida, aconteceu a votação dos quesitos utilizados para elaboração da sentença. Os jurados precisaram responder a 140 perguntas, para cada réu, sobre os crimes cometidos. A partir de então, a sentença foi elaborada. A decisão do juiz André Milani, que presidiu o júri de número 50 à frente da 2ª Vara Criminal da comarca de Chapecó, foi lida pouco antes das 21h desta sexta (31).

Sentença

Os cinco réus foram condenados. As penas somadas totalizam 480 anos, quatro meses e 11 dias de prisão, em regime fechado e sem direito de recorrer em liberdade. As condenações distintas compreendem 126 anos e nove meses; 120 anos e seis meses; 98 anos, oito meses e 28 dias; 68 anos, um mês e 25 dias; e 66 anos, dois meses e 18 dias. Todos receberam penas de multa em dinheiro.

Os crimes pelos quais o grupo responde são homicídio qualificado por motivo torpe e uso de recurso que dificultou a defesa da vítima – por três vezes, organização criminosa, roubo e porte de arma de fogo de uso restrito.

O crime

Conforme a denúncia, na madrugada do dia 30 de janeiro de 2021, os cinco réus invadiram uma residência na linha Paial, no interior de Quilombo, onde as vítimas estavam acompanhadas de outras pessoas. No momento da invasão, eles afirmaram ser de uma facção criminosa e ordenaram que todos deitassem no chão.

Na sequência, disparavam diversas vezes contra dois homens e um adolescente que morreram no local. Em seguida, eles abordaram uma mulher que estava na casa, e, com uso de violência e ameaça, levaram o celular dela. O crime foi motivado por rixa entre facções rivais às quais pertenciam os envolvidos.

Quer ficar BEM INFORMADO?
⬇️ Clique abaixo e receba NOTÍCIAS EM SEU WHATSAPP ⏬

🔸https://chat.whatsapp.com/H1mGdFcDEba8kh7LSyvBi5

🔸https://chat.whatsapp.com/BiUqhCr1TuG2br9mX6F96k

🔸https://chat.whatsapp.com/BSn42ptiPpX1efPOyBdNhj

🔸https://chat.whatsapp.com/LghOsEwYAqyI6U64hKIOjs

🔸https://chat.whatsapp.com/J4WlEehakUP9cOsnsHJ4Ng

🔸https://chat.whatsapp.com/HY24O4yDp2BFSmeyVsgta0

🔸https://chat.whatsapp.com/IqM6dk1CKP9BPRhRZlDv3E

🔸https://chat.whatsapp.com/BbmuzHtc9eLGagyqD71lC9

👉🏿Acesse nosso grupo de NEGÓCIOS/CLASSIFICADOS💰

 

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios