DestaqueEsportes

Decreto municipal autoriza práticas esportivas coletivas em Xanxerê

Preocupados com a falta de atividades físicas em razão da pandemia, a Secretaria Municipal de Esportes buscou apoio do prefeito Oscar Martarello para que pudesse ser feita a liberação de práticas esportivas coletivas no município. A partir desta sexta (29) decreto municipal nº 079/2021 permite a prática esportiva coletiva em locais públicos e privados no município de Xanxerê, observadas as normas sanitárias.

Clique aqui e receba notícias de Chapecó e Região, do Brasil e do mundo pelo WhatsApp!

É necessário disponibilizar álcool em gel 70% para a higienização das mãos na entrada do estabelecimento e em locais estratégicos, com maior fluxo de pessoas, aferir a temperatura de todos os praticantes, além da recomendação do uso de máscara durante a prática esportiva, sendo de uso obrigatório para todos os funcionários do estabelecimento, equipe operacional e de limpeza. Cada praticante deve possuir seu próprio recipiente com água, de uso individual e/ou descartável, não sendo permitido o uso de bebedouros com jato direcionado.

O estabelecimento deve respeitar o horário estabelecido no seu alvará de funcionamento, providenciando um intervalo mínimo obrigatório de 30 minutos entre os jogos a fim de que as áreas coletivas, equipamentos e acessórios sejam devidamente limpos e higienizados para a próxima partida, bem como evitar o cruzamento de pessoas na entrada e saída do local.

A presença de torcida e/ou espectadores durante as partidas deve respeitar o distanciamento de 1,5 metros entre os espectadores, sendo obrigatório o uso de máscaras. Os locais devem dispor de cartazes informativos com as medidas de prevenção ao novo Coronavírus em locais estratégicos e visíveis durante os jogos.

Os vestiários e lavatórios devem ser utilizados de forma limitada, a fim de evitar a aglomeração de pessoas. Os chuveiros utilizados devem possuir box individualizado, sendo permitido o banho sequencial para evitar aglomeração e contatos físicos desnecessários, com higienização obrigatória do local após cada período de uso.
Os restaurantes, lanchonetes, bares e similares que desempenham suas atividades juntamente aos estabelecimentos esportivos devem observar os protocolos sanitários vigentes.

O descumprimento do decreto será de responsabilidade dos proprietários dos estabelecimentos e constituirá infração sanitária nos termos da Lei Estadual n. 6.320/1983 e Lei Municipal nº 2.008/1993. A fiscalização do cumprimento da regra estabelecida neste Decreto ficará a cargo Vigilância Sanitária e Defesa Civil Municipal, com apoio dos órgãos de segurança pública.

 

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios