Décio Lima assume compromisso com dirigentes hospitalares 

Candidato ao governo de Santa Catarina participou de sabatina com as entidades, em Florianópolis 

 

O candidato ao governo de SC, Décio Lima, afirmou que no seu governo a Saúde será discutida e executada com os agentes de saúde. A afirmação foi realizada durante sua apresentação, no tempo de 30 minutos, no Encontro Catarinense de Hospitais, em Florianópolis.

 

“No dia 2 de janeiro, caso eu seja eleito, convido os dirigentes hospitalares para uma reunião, onde vamos decidir juntos a gestão da saúde, priorizando quitar a dívida do estado de 1 bilhão e zerar a filade atendimento, que hoje temos 500 mil catarinenses na fila de espera”, afirmou.

 

Uma das demandas das entidades AHESC, FEHOESC e FEHOSC é participar na execução das políticas públicas do governo do estado, o que não aconteceu no governo atual.

 

Décio Lima afirmou que criará o Sistema Únicos de Saúde de Santa Catarina – SUSSC, que unificará todos os envolvidos na gestão da saúde, ou seja, municípios, estado, governo federal e a rede hospitalar pública e filantrópica.

 

“Eu visitei a feira deste evento e conversei com as empresas de software de gestão de saúde. É possível, nos termos um aplicativo para que o catarinense possa marcar consulta, acompanhar seu atendimento e solicitar medicamentos tudo de forma online. O governo tem que estar nas “mãos dos catarinenses”, afirmou.

 

Ao final do evento, o candidato assinou a carta compromisso com a AHESC, FEHOESC e FEHOSC. Entre as prioridades estão: construir políticas de atenção hospitalar, incluir recursos específicos para o atendimento da média e da alta complexidade, aplicar anualmente correção de preços, entre