DestaquePolítica

Covid-19: Oeste terá novos leitos e mapa de risco

Em reunião com o secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, a deputada Luciane Carminatti reforçou a cobrança por mais leitos de UTI para o Oeste. O encontro na manhã desta sexta (15) foi promovido pela Bancada do Oeste e contou com a participação da direção dos hospitais públicos de Chapecó, de Concórdia, de São Miguel do Oeste, Xanxerê e da Associação dos Hospitais de Santa Catarina (AHESC).

O HRO recebeu cinco respiradores nesta sexta, ampliando para 25 o número de leitos de tratamento intensivo para pacientes com coronavírus. “Ainda é muito pouco, principalmente diante do crescimento exponencial de casos que estamos vendo em Chapecó. O HRO tem capacidade para chegar em 71 leitos de UTI/Covid-19, mas depende de respiradores e do custeio do governo estadual”, defende Luciane.

Ribeiro Informou que a Secretaria de Estado da Saúde tenta ampliar o número de leitos buscando equipamentos em hospitais com baixa ocupação, enquanto trabalham para adquirir mais respiradores. Luciane destacou que uma saída é a contratação de leitos privados, o que o governo já estaria trabalhando para efetivar. Em relação à ampliação dos leitos em São Miguel do Oeste, Maravilha e Xanxerê, o secretário recebeu o pedido e a sugestão dos deputados mas terminou a reunião sem dar definições.

O consenso na reunião foi a necessidade de ampliar o isolamento social e aumentar a cautela. Ribeiro disse que a taxa atual, de 40%, é inaceitável e voltou a defender que o índice chegue a 70%, com atenção especial para a agroindústria e o transporte público.

Luciane Carminatti enfatizou a recomendação da própria Secretaria de Estado da Saúde para a região Oeste: manter fechado o comércio não essencial e, onde não for possível, medir a temperatura dos clientes na entrada, bem como exigir o uso de máscaras.

A deputada destacou como positiva a aposta da Secretaria de Saúde em divulgar mapas das áreas de risco, o que deve acontecer a partir da próxima semana. (Assessoria de Comunicação).

 

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios