DestaqueGeral

Começa em Florianópolis 12ª Cúpula Mundial das Cidades do Conhecimento

Com a proposta de apontar soluções para os municípios nos campos do desenvolvimento econômico, inclusão social, mobilidade e preservação ambiental, teve início, na manhã desta segunda (4), em Florianópolis, a 12ª edição do Knowledge Cities World Summit  (KCWS), a Cúpula Mundial das Cidades do Conhecimento.

Esta é a primeira vez que o Brasil sedia o evento, uma reunião profissional independente e global promovida anualmente, desde 2008, pelo World Capital Institute (WCI). Nos anos anteriores, a cúpula foi realizada no México, China, Austrália, Israel, Itália, Turquia, Estônia, Coreia do Sul, Viena, Peru e Espanha.

A iniciativa de trazer o KCWS para a capital catarinense partiu da Câmara de Tecnologia e Inovação da Fecomércio-SC, que vem debatendo alternativas para o desenvolvimento dos municípios desde 2013, em conjunto com Laboratório de Cidades Mais Inteligentes e Humanas da UFSC (LabChis), da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Conforme o presidente da entidade, Bruno Breithaupt, neste ano os debates terão como tema central “Sustentabilidade e Inovação na Era do Conhecimento” e contarão com a participação de 34 especialistas, de 11 países. “Esta é uma boa oportunidade para Florianópolis e para o estado e veio na hora certa, pois passamos por uma mudança significativa e buscamos o desenvolvimento, em especial na área do conhecimento, e aqui vamos poder contar com discussões que podem nos proporcionar dar um salto nesse sentido.”

Para Alaor Tissot, que preside o Conselho Deliberativo Estadual do Sebrae-SC, entidade parceira na realização da Cúpula, os debates também podem apontar soluções para aquele que é considerado um dos maiores problemas atuais de Florianópolis, a mobilidade urbana. “Um evento como esses tem como um dos principais propósitos abrir a mente de mais pessoas, principalmente da área técnica, para que possam alcançar soluções de forma mais rápida. E no que diz respeito à mobilidade, aqui poderemos ter alguma luz nesse sentido, já que contaremos com palestrantes provenientes de cidades onde esse problema já foi resolvido.”

A programação, que se estende até quinta (7), prevê a realização de nove plenárias e a entrega do Prêmio MAKCi (Most Admired Knowledge City), ao qual Florianópolis também está competindo.

Ao final, também está prevista a elaboração de uma nova agenda para a era do conhecimento. (Fonte Agência Alesc). 

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios