Com técnico de Chapecó, bocha do Brasil fica vice nos EUA

Com o comando do técnico de Silvenio Mergen, a Seleção Brasileia de Bocha (M) ficou em segundo lugar no Torneio Internacional nos Estados Unidos, concluído no final de semana, em St. Louis (EUA).

Além do técnico, Chapecó cedeu ainda os atletas Valdecir Garcia e Jardel de Campos. De Quilombo, foi Elizandro Marcos Marmentini. Também foram os atletas Marco Antônio Nalin de Nova Prata (RS) e João Canepele de Xaxim

A estreia do Brasil foi contra a Austrália a quem venceu por 2×1. Na sequencia o Brasil fez 3×0 EUA, 3×0 Canadá e 2×1 Uruguai. Mas na final acabou perdendo para a Itália por 2×0 que ficou com o título do torneio internacional dos Estados Unidos.

O evento reuniu as oito seleções melhores ranqueadas. “Foi um dos melhores desempenhos da bocha brasileira nos últimos campeonatos internacionais”, destacou Silvenio Mergen.